PUBLICIDADE

Níveis de umidade seguem críticos na maior parte do Brasil

A atuação de uma massa de ar seco segue impedindo a formação de nuvens carregadas na maior parte do país. Confira!

23 jul 2021 13h45
ver comentários
Publicidade

Foto: São Paulo (SP), por Stefanie Tozzo

Uma massa de ar seco predominou sobre todo o Brasil Central na última semana, e os níveis de umidade relativa do ar podem ser comparados a valores desérticos, inclusive em capitais como Campo Grande (MS) e Curitiba (PR), que registraram umidade de 7% e 9% nos dias 21 e 22 de julho, respectivamente.

Umidade relativa do ar segue baixa no fim de semana

Ao longo do final de semana, a tendência é que o ar seco ainda tome conta de todo o Sudeste, Centro-Oeste, interior do Nordeste, Tocantins, Rondônia, Acre e boa parte do Pará, assim como em praticamente toda a região Sul do Brasil. Essa massa de ar seco está associada a um grande sistema de alta pressão atmosférica, capaz de inibir a formação de nuvens carregadas e garantir mais alguns dias de sol, poucas nuvens e sem chuva nestas áreas.

Novamente há previsão de umidade abaixo dos 25% em diversas capitais como: Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, São Paulo e Curitiba, e os níveis também seguem baixos nas demais áreas do centro-sul do país.

Foto: Climatempo

Tempo muda a partir da semana que vem 

Na próxima semana, a chegada de uma nova frente fria volta a trazer mais umidade para estas áreas, mas a previsão de chuva fica restrita aos três estados do Sul, centro-leste de São Paulo, sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Especialmente entre segunda (26) e quarta-feira (28).

Climatempo
Publicidade
Publicidade