PUBLICIDADE

Inmet registra sensação térmica de 55ºC no Rio de Janeiro

29 dez 2015
08h08 atualizado às 08h09
0comentários
08h08 atualizado às 08h09
Publicidade
Movimentação na praia da Barra no Rio de Janeiro nessa segunda-feira (28).
Movimentação na praia da Barra no Rio de Janeiro nessa segunda-feira (28).
Foto: Marcos Vidal/Futura Press

O Rio de Janeiro registrou nessa segunda-feira (28) 55ºC de sensação térmica na região da Restinga da Marambaia, na zona oeste da cidade, onde está localizada uma estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a maior registrada na capital fluminense. A avaliação foi feita pela meteorologista Marlene Leal. Ela informou que a marca foi anotada no meio da tarde, quando a temperatura no local era 38,1ºC, quando a umidade relativa do ar estava em 59%. “Ela chegou até a 72%, mas o cálculo da sensação foi feito exatamente no horário em que a temperatura foi máxima”, esclareceu, acrescentando que no restante da cidade do Rio a sensação ficou em torno de 39ºC e 40 ºC, com temperatura de 36,5ºC.

A meteorologista do Inmet informou que nos últimos dias a região tem tido temperaturas mais elevadas, mas nessa segunda-feira com mudança do vento do mar em direção ao litoral, a temperatura caiu para 30ºC no fim da tarde. “Aumentou a umidade e caiu a temperatura. Nesse horário a sensação térmica já não foi tão alta, mas no pico de temperatura, a umidade era  59%, então o cálculo deu 55ºC de sensação”, explicou.

De acordo com Marlene Leal, o cálculo da sensação térmica em períodos de calor é feito com base no nível da temperatura e da umidade relativa, enquanto no frio é a temperatura e o vento. “O vento faz baixar a temperatura, mas no calor quanto maior a umidade é maior o desconforto e tende a aumentar a sensação térmica. Se fosse 38ºC com umidade de 44% como estava de manhã esse valor não teria chegado a 55ºC”, disse.

Na avaliação da meteorologista, as previsões indicam a manutenção de temperaturas elevadas nos próximos dias, com pancadas de chuva durante a tarde. “A gente não está vendo, até o momento, condição de chuva intensa por enquanto. Pancadas de chuvas passageiras durante o período da tarde”, estimou.

O verão promete muito calor por influência do fenômeno climático El Niño. “Tudo indica que vamos ter um verão bem quente. A gente já teve novembro e dezembro com temperatura com 1 grau e meio, 1,7 acima do esperado, por influência do El Niño, que dá para a gente chuvas regulares e diferente do Sul, que tem muita chuva, e o Nordeste, sem chuva. É uma característica do El Niño”, informou.

Para a virada do ano, as previsões feitas até hoje indicam tempo nublado, com possibilidade de chuva à tarde. “Chuva de madrugada, a tarde e início da noite do dia 31 e a virada pode ser de tempo só nublado. Esta é a situação que estamos vendo no momento. Na semana passada estava dando tempo chuvoso na virada do ano. Hoje a situação já não é esta, na virada, que vai ter muito calor também até o fim de semana com 38ºC ou 39

ºC”, revelou destacando que a previsão pode mudar nos próximos dias.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade