PUBLICIDADE

Política

TSE inicia teste público das urnas eletrônicas para eleições do ano que vem

Procedimento está em sua sétima edição e é adotado desde 2009

27 nov 2023 - 22h40
Compartilhar
Exibir comentários

O teste público de segurança das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições de 2024 foi iniciado nesta segunda-feira, 27. Desde 2009, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza este procedimento, em que profissionais de tecnologia da informação verificam a segurança dos equipamentos que fazem a coleta e a transmissão dos votos dos eleitores.

Urna Eletrônica brasileira passa por testes de confiabilidade. FOTO: Divulgação/TSE
Urna Eletrônica brasileira passa por testes de confiabilidade. FOTO: Divulgação/TSE
Foto: Divulgação/TSE - Fonte: Conteúdo Estadão / Estadão

Em um ambiente reservado no 3º andar da sede da Corte, em Brasília, os especialistas vão inspecionar os firmwares das urnas. Ou seja, eles vão analisar os programas que fazem o controle das peças eletrônicas do equipamento, e, também, do sistema que faz a apuração e a votação.

Ao todo, são 40 pessoas habilitadas, que se inscreveram no programa espontaneamente. Até a próxima sexta-feira, 1º, o grupo vai estar empenhado na realização de 34 planos de testes nas dependências do Tribunal.

Em 2021, também foram feitos testes para as eleições de 2022. No procedimento, foram encontrados pontos vulneráveis. De acordo com o TSE, estas falhas foram corrigidas no mês de maio seguinte, antes das eleições. O sigilo do voto e da totalização da apuração não foram violados.

Caso tenham êxito na empreitada, os participantes voltam ao TSE em maio do ano que vem para o Teste de Confirmação, etapa em que são verificados se eventuais achados foram devidamente solucionados.

Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
Prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
Foto: Dida Sampaio/Estadão / Estadão
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade