PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Política

Pesquisa Ipec: Governo Lula tem avaliação negativa em seis áreas

Combate à inflação, segurança pública, combate ao desemprego, saúde, política externa e combate à pobreza tiveram avaliação negativa; educação teve avaliação positiva, e meio ambiente houve empate

22 abr 2024 - 07h45
(atualizado às 08h24)
Compartilhar
Exibir comentários

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve a avaliação positiva maior do que a negativa em apenas uma entre oito áreas avaliadas em nova pesquisa do Ipec.

Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve avaliação negativa em seis áreas pesquisadas
Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve avaliação negativa em seis áreas pesquisadas
Foto: Ricardo Stuckert/PR / Perfil Brasil

Em Educação, 38% dos entrevistados consideram a gestão de Lula como ótima ou boa. Já 31% avaliam como ruim ou péssima; e é regular para 28%.

Na área do Meio Ambiente, houve o único empate da pesquisa: 33% dos entrevistados consideram a gestão ótima ou boa e 33%, ruim ou péssima; ela é regular para outros 29%.

Outras áreas pesquisadas

A avaliação negativa superou a positiva em outras seis áreas:

  • Combate à inflação: ruim ou péssima para 46%; ótima ou boa para 23%; regular para 28%;
  • Segurança pública: ruim ou péssima para 42%; ótima ou boa para 27%; regular para 28%;
  • Combate ao desemprego: ruim ou péssima para 39%; ótima ou boa para 26%; regular para 31%.
  • Saúde: ruim ou péssima para 42%; ótima ou boa para 29%; regular para 30%;
  • Política externa: ruim ou péssima para 37%; ótima ou boa para 30%; regular para 24%;
  • Combate à fome e à pobreza: ruim ou péssima para 38%; ótima ou boa para 33%; regular para 29%.
A pesquisa do Ipec, divulgada neste domingo (21), ouviu 2000 pessoas em 129 cidades do país. O estudo foi realizado entre os dias 4 e 8 de abril com o objetivo de "levantar a opinião dos brasileiros sobre a atuação do governo federal em diversas áreas", segundo o instituto . A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o  nível de confiança é de 95%.
 
 
Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade