PUBLICIDADE

Novos atos contra governo são agendados para 15 de novembro

A data foi citada em mais de um discurso de quem subiu no caminhão de som parado em frente ao Masp

2 out 2021 18h16
| atualizado às 18h28
ver comentários
Publicidade
Ato contra o governo Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo
Ato contra o governo Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo
Foto: Marcelo Oliveira Março / Futura Press

Antes do fim dos atos deste sábado, 2, organizadores dos protestos contra o presidente Jair Bolsonaro já se preparam para a próxima manifestação, convocada para 15 de novembro. A data foi citada em mais de um discurso de quem subiu no caminhão de som parado em frente ao Masp.

À reportaqem, o presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros, Antonio Neto, presente na Avenida Paulista, disse que a expectativa é de que o ato marcado para o dia da Proclamação da República seja "gigante."

Ele destacou ainda a ampliação da diversidade de partidos e sindicatos nas manifestações deste sábado.

"A grandeza do ato reflete a amplitude que o 'Fora, Bolsonaro' ganhou. O povo está nas ruas para dar um basta ao governo do desemprego, ao governo da fome, ao governo da corrupção. Hoje foi grande, dia 15 de novembro será gigante!"

Estadão
Publicidade
Publicidade