PUBLICIDADE

Pastor Silas Malafaia visita candidato do PSL no Rio

Líder religioso nega clima de 'já ganhou'

27 out 2018 11h08
| atualizado às 11h26
ver comentários
Publicidade

RIO - Candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) recebeu visita na manhã deste sábado, 27, de Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. O pastor evangélico esteve na casa do presidenciável, na Barra da Tijuca, no Rio, por cerca de vinte minutos.

Segundo Malafaia, Bolsonaro permanecerá durante todo o dia em casa "quietinho e calado". O pastor afirmou que, na casa do candidato, não há festa nem clima de "já ganhou".

O pastor Silas Malafaia
O pastor Silas Malafaia
Foto: Claudinei Ligieri / Futura Press

"Ele sabe que só se ganha depois que se contam os votos. (Tem de seguir) trabalhando e tudo. Tem que esperar. A eleição não é a gente que diz que está decidido. É o povo que decide no voto", disse Malafaia após o breve encontro.

O pastor, que afirmou ter feito uma oração para Bolsonaro, disse não esperar que um eventual governo PSL seja favorável os evangélicos.

"Se a vitória de Bolsonaro for para atender anseios de evangélicos, nós somos medíocres. Evangélico é cidadão como todos que estão aí. As pautas sociais são no Congresso. Não vejo esse viés", disse Malafaia, lembrando que Bolsonaro é católico.

Influente no meio evangélico, Malafaia tem relação antiga com Bolsonaro, chegou a celebrar o casamento do deputado com a atual esposa, Michelle, que é evangélica.

Veja também

Top News: Otimismo dos investidores com eventual vitória de Bolsonaro pressiona dólar e impulsiona Bolsa:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade