0

Teori determina investigação de planilha da Odebrecht

23 abr 2016
12h10
atualizado às 12h13
  • separator
  • comentários

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki determinou que a PGR (Procuradoria Geral da Repúbica) abra um procedimento para investigar as planilhas da Odebrecht, apreendidas na Lava Jato que mostram doações feitas a mais de 300 políticos de 24 partidos, segundo a Folha de S. Paulo e o G1.

Ministro do STF Teori Zavascki determinou que a PGR analise o material
Ministro do STF Teori Zavascki determinou que a PGR analise o material
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil / O Financista

A planilha foi apreendida na casa do executivo da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Barbosa da Silva Junior, na 23ª fase da Lava Jato, que foi nomeada de Operação Acarajé, em fevereiro.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deverá fazer uma apuração preliminar do material e decidirá se pede ou não a abertura de inquéritos sobre os políticos mencionados na lista, alguns com e outros sem foro privilegiado.

O ministro do STF também decidiu devolver ao juiz federal Sérgio Moro duas investigações que haviam sido remetidas ao Supremo por envolver políticos com foro privilegiado. Foram devolvidos os processos da Operação Acarajé, que teve como principal alvo o marqueteiro do PT João Santana, e da Operação Xepa, que descobriu o departamento dentro da Odebrecht criado exclusivamente para o gerenciamento e pagamento de propinas.

O Financista Todos os direitos reservados

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade