0

Bolsonaro admite que pode desistir de criação de partido

Presidente afirma que procurará "nova opção" caso Aliança pelo Brasil não saia do papel até março

23 nov 2020
19h37
atualizado às 19h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira que, se o partido Aliança pelo Brasil não sair, em março vai buscar uma nova opção.

O presidente Jair Bolsonaro na convenção de lançamento do Aliança Pelo Brasil
O presidente Jair Bolsonaro na convenção de lançamento do Aliança Pelo Brasil
Foto: Reprodução/Facebook / Estadão Conteúdo

"Não é fácil formar um partido hoje em dia. A gente está tentando e, se a gente não conseguir, em março vamos ter uma nova opção", disse ele a um apoiador no Palácio da Alvorada.

Eleito presidente pelo PSL, Bolsonaro desfiliou-se do partido por divergências com a direção da sigla e começou um trabalho para ajudar na criação da sua própria legenda, o Aliança.

Contudo, a efetivação do partido não deslanchou até agora -- apoiadores tentaram criá-lo para as eleições municipais.

O presidente já admitiu publicamente conversas com ao menos três partidos para ele se filiar --essa é uma condição imposta pela legislação eleitoral, caso ele queira disputar a reeleição em 2022.

Veja também:

Sem máscara, Bolsonaro vai a lotérica e padaria em Brasília
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade