1 evento ao vivo

Aos 79 anos, morre Carlos Araújo, ex-marido de Dilma Rousseff

Causa da morte não foi divulgada, mas ex-deputado Carlos Araújo tinha cirrose

12 ago 2017
10h35
atualizado às 13h43
  • separator
  • comentários

Carlos Araújo, ex-marido da ex-presidente Dilma Rousseff, morreu na madrugada deste sábado (12) aos 79 anos de idade, em Porto Alegre.

O ex-deputado estadual do PDT, partido que ajudou a formar, estava internado desde o dia 25 de julho no Hospital São Francisco, Santa Casa de Misericórdia.
O ex-deputado estadual do PDT, partido que ajudou a formar, estava internado desde o dia 25 de julho no Hospital São Francisco, Santa Casa de Misericórdia.
Foto: Mauricio Tonetto / Terra

O ex-deputado estadual estava internado desde o dia 25 de julho no Hospital São Francisco, Santa Casa de Misericórdia.

No último dia 28, sua assessoria informou que ele havia deixado a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Seu quadro era considerado estável.

"Aos 79 anos, era portador de doença pulmonar obstrutiva crônica, complicada por quadro de miocardiopatia dilatada isquêmica", informou o médico Sadi Marcelo Schio, por meio de nota. Ainda de acordo com o médico e a Santa Casa, o quadro do ex-deputado se agravou e ele precisou passar a necessitar de aparelhos para respiração.

"Evoluiu com infecção generalizada, determinando colapso circulatório e, finalmente, refratariedade às medidas, com óbito", conclui a nota.

Carlos Franklin Paixão Araújo era advogado trabalhista, com escritório em Porto Alegre, e foi um dos fundadores do PDT, partido no qual foi ligado a Leonel Brizola e pelo qual se elegeu deputado estadual por três vezes.

Militante da organização Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (Var-Palmares), durante a ditadura militar no Brasil, Carlos Franklin Paixão Araújo foi conheceu Dilma em 1969, com quem se casou. Em 1976, nasceu a primeira filha do casal, Paula Rousseff de Araújo

O relacionamento com a ex-mandatária durou mais de 20 anos.

Dilma Rousseff  não se manifestou, mas chegaria a Porto Alegre na manhã deste sábado.

A bancada do PT na Câmara dos Deputados divulgou nota de pesar pelo falecimento do ex-deputado. "A combatividade de Carlos Araújo e a defesa de ideais para a construção de um Brasil desenvolvido, justo, solidário e democrático ficam como exemplo para todos", diz a nota.

(com Agência Brasil)

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade