0

RS: polícia desarticula quadrilha que atuava no tráfico internacional de drogas

12 jul 2013
14h21
atualizado às 14h21
  • separator
  • comentários

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul deflagrou nesta sexta-feira uma operação contra o tráfico internacional de drogas. Comandada pelo Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), a Operação Mercadores contou com a participação de 50 policiais, no cumprimento de dez mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva. 

Quatro pessoas foram detidas, incluindo Adair Ferreira Gomes, 50 anos, apontado como líder da quadrilha, detido em Nova Santa Rita. Simultaneamente, uma equipe do Denarc efetuou a prisão de um paraguaio em Foz do Iguaçu. O suspeito é apontado como o fornecedor da droga para essa quadrilha, estabelecida em Canoas.

A prisão do paraguaio ocorreu em via pública, próximo da fronteira do Paraguai, quando o preso tentava fugir para aquele país. O detido foi encaminhado para Porto Alegre, onde será ouvido e detido. 

Na cidade de Canoas (RS), foram apreendido um revólver calibre 38, munição e 26 carros de uma revendedora de veículos. De acordo com as investigações, a quadrilha utilizava o dinheiro do narcotráfico na revenda de automóveis para lavar dinheiro. Segundo o delegado Heliomar Franco, diretor da Divisão de Investigações do Narcotráfico (Dinarc), o grupo seria um dos maiores fornecedores de drogas da América Latina. 

A quadrilha levava, por ano, cerca de seis toneladas de entorpecentes para o Rio Grande do Sul e também fornecia drogas para o Chile e todo o Brasil. O delegado acredita que, possivelmente, outros países da América do Sul também tenham recebido drogas desse mesmo fornecedor paraguaio. 

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade