PUBLICIDADE

RJ: PMs acusados de estupro têm prisão preventiva decretada

8 ago 2014 - 16h07
Ver comentários
Publicidade

A Polícia Civil do Rio de Janeiro pediu a prisão preventiva dos quatro policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora do Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro, investigados pelo estupro de três mulheres na comunidade, dentre elas uma menor de idade. O pedido é parte do inquérito policial enviado nesta sexta-feira para o Ministério Público.

Os policiais Gabriel Machado Mantuano, Renato Ferreira Leite, Wellington de Cássio Costa Fonseca e Anderson Farias da Silva foram presos em flagrante na 25ª Delegacia de Polícia, bairro de Engenho Novo, na noite de terça-feira, 5 de agosto, após denúncia das vítimas de que haviam sofrido violência sexual na madrugada daquele dia.

Segundo a Polícia Militar, dois policiais presos confirmaram que estiveram no local do crime, mas negaram participação direta na violência sexual. O secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, informou que vai pedir a expulsão sumária dos investigados.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade