0

Mulher é mantida refém dentro de estação de metrô de SP

Até o momento não se sabe qual a relação entre o sequestrador e a vítima

8 set 2020
18h09
atualizado às 18h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A mulher que era mantida mantida refém dentro da estação de metrô da linha 5-Lilás Adolfo Pinheiro, na zona sul de São Paulo, foi libertada. O Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) foi ao local e conseguiu dominar o sequestrador. Segundo disse ao programa Brasil Urgente, da Band, o tenente-coronel Valmor Racorti, comandante do GATE, o homem tem esquizofrenia e não havia tomado a medicação.

Sequestro com refém na estação Adolfo Pinheiro da linha 5-lilás, em São Paulo (SP)
Sequestro com refém na estação Adolfo Pinheiro da linha 5-lilás, em São Paulo (SP)
Foto: Alexandre Serpa / Futura Press

O homem foi encaminhado para uma delegacia de polícia e a vítima está bem. A linha 5-Lilás está operando normalmente, mas a estação Adolfo Pinheiro está fechada.

Veja também:

Ciclista cai e fica ferido na Avenida Brasil em Cascavel
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade