0

GO: serial killer diz que sofreu abuso sexual quando criança

17 out 2014
20h49
atualizado às 20h55
  • separator
  • 0
  • comentários

O serial killer confesso Tiago Henrique Gomes da Rocha afirmou, nesta sexta-feira, que matou cerca de 41 pessoas em Goiânia (GO), porém não sabe o número certo. Ele também relatou ter sofrido abuso quando criança, por um vizinho. A entrevista foi concedida ao Jornal Nacional.

<p>Tiago Gomes após ser preso; ele disse ter matado cerca de 41 pessoas</p>
Tiago Gomes após ser preso; ele disse ter matado cerca de 41 pessoas
Foto: Mirelle Irene / Especial para Terra

Tiago, que trabalhava como vigilante, relatou que matava suas vítimas por raiva. “Motivação era raiva mesmo, por pra fora. Eu tentei fazer outras coisas (para tratar a raiva)”, disse. Ele contou que perdeu o controle quando tinha 22 anos.

Questionado sobre como escolhia suas vítimas, afirmou que não saber qual era o perfíl específico, mas que não escolhia aleatoriamente. Tinha preferência por mulheres? “Tem nada a ver”.

Ele relatou que sofria bullying na escola. “Por questão de ser mais caladinho. Teve agressão verbal, física, aquilo tudo foi acumulando”. Contou ainda que sofreu abuso sexual de um vizinho por cerca de um mês. “Fui forçado, ameaçado”. Por fim pediu perdão: “mas eu acho que é difícil pedir perdão a essa hora”.

Tiago teria confessado o assassinato de 16 mulheres e 8 moradores de rua, que aconteceram de janeiro a agosto deste ano. As vítimas foram moças com idade de 14 a 29 anos, mortas em lugares públicos, com arma de fogo.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade