0

GO: operação prende policiais que trabalhavam para o tráfico

29 out 2014
16h25
atualizado às 16h30
  • separator
  • comentários

Uma  operação conjunta da Polícia Militar e da Polícia Civil de Goiás deflagrada nesta quarta-feira cumpre 23 mandados de prisão contra policiais suspeitos de estar atuando em colaboração com traficantes de drogas e com o crime organizado na cidade de Anápolis (a 55 Km de Goiânia). Pelo menos 18 mandados já foram cumpridos em Anápolis, e também em Alvorada do Norte e em Luziânia. A chamada Operação Malavita tem como suspeitos, dentre o total de envolvidos, 14 policiais militares, dentre eles dois capitães, e quatro policiais civis, que atuavam no esquema que engloba inquéritos de 2011 a 2014. Pessoas que não eram da PM e da Polícia Civil também participavam  das ações criminosas, que tinham como fundo a disputa por espaço e poder entre traficantes.

Segundo a investigação da polícia, os policiais e os outros envolvidos executavam atividades como cobrança de dívidas e cometeram sequestros, homicídios, extorsões, além de lesão corporal e ameaças, dentre outros crimes. Trinta e nove mandados de busca e apreensão também foram cumpridos. O secretário de Segurança Pública de Goiás, Joaquim Mesquita, em entrevista concedida a imprensa na sede do órgão, disse que não se trata de um grupo de extermínio. "Tecnicamente não se enquadra neste conceito. O que temos efetivamente são ações relacionadas ao tráfico de drogas", observou. 

“Eles começaram exigindo que um traficante não atuasse na área do outro, depois passaram a cobrar dívidas”, disse na mesma coletiva o delegado-geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski. “Isso resultou em homicídio, em extorsão e em sequestro”, detalhou.

O Comandante-geral da PM goiana, Tenente-coronel Sílvio Benedito Alves, informou que processos administrativos contra os suspeitos militares serão instaurados, com penas que podem ir de advertência a exclusão do serviço público. “Vamos cortar na própria carne. Não aceitamos desvio de conduta”, assegurou.  

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade