2 eventos ao vivo

vc repórter: greve de servidores do INSS chega ao 14º dia

A categoria se reunirá com o Ministério do Planejamento nesta terça-feira (21)

20 jul 2015
16h33
  • separator
  • comentários

A paralisação nacional dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) chegou ao 14ª dia nesta segunda-feira (20). A greve, decretada no dia 7 de julho, afetou o funcionamento das agências e, segundo a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), conta com a adesão de 25 estados.

Na última sexta-feira (17), os trabalhadores rejeitaram o reajuste de 21,3% proposto pelo governo, escalonado em quatro anos, com base em inflação projetada. A categoria reivindica reajuste de 27,6% em uma única parcela.

Agência da Tijuca, no Rio, aderiu à paralisação
Agência da Tijuca, no Rio, aderiu à paralisação
Foto: José Carlos Pereira de Carvalho / vc repórter


Uma nova tentativa de acordo acontecerá na reunião que será realizada amanhã, no Ministério do Planejamento. Em seu site oficial, a Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps) afirmou que há expectativas entre os servidores do INSS para o encontro, no qual a categoria receberá respostas sobre a pauta de reivindicações apresentada contra a proposta do governo.

Siga o vc repórter no Twitter

Em nota, o INSS afirmou que, assim com o Ministério da Previdência Social, tem “baseado sua relação com os servidores no respeito, no diálogo e na compreensão da importância do papel da categoria no reconhecimento dos direitos da clientela previdenciária e, por isso, mantém as portas abertas às suas entidades representativas para a construção de uma solução que contemple os interesses de todos”.

Quanto ao atendimento, o instituto informou que os segurados que possuam agendamento para atendimento em uma Agência da Previdência Social (APS) e que não sejam atendidos, em razão da paralisação dos servidores, terão sua data de atendimento remarcada. O reagendamento será realizado pela própria APS e o segurado poderá confirmar a nova data ligando para a Central 135, no dia seguinte à data originalmente marcada para o atendimento. O INSS acrescentou que considerará a data originalmente agendada como a data de entrada do requerimento, “para se evitar qualquer prejuízo financeiro nos benefícios dos segurados”.

O órgão afirmou que a Central de Atendimento 135 está à disposição para informar quais são as agências onde não há atendimento em virtude da paralisação e para orientar os cidadãos.

Com informações da Agência Brasil

O leitor José Carlos Pereira de Carvalho, do Rio de Janeiro (RJ), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui ou envie pelo aplicativo WhatsApp, disponível para smartphones, para o número +55 11 97493.4521.

vc repórter

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade