PUBLICIDADE

SP testa pagamento de ônibus com crédito e débito

Opção será restrita a 12 linhas de São Paulo e valerá apenas para cartões e dispositivos com tecnologia NFC (contactless)

12 set 2019 12h20
| atualizado às 13h11
ver comentários
Publicidade

SÃO PAULO - Doze linhas de ônibus da cidade de São Paulo passarão a aceitar o pagamento da passagem por cartão de crédito ou débito a partir desta segunda-feira, 16. O novo serviço valerá apenas para cartões físicos ou digitais com a tecnologia NFC (contactless), que funciona por aproximação e sem o uso de senha. O anúncio foi realizado nesta quinta-feira, 12, pela gestão Bruno Covas (PSDB) em entrevista à imprensa na Prefeitura. O projeto-piloto tem duração de três meses ou até atingir 500 mil transações.

NFC é uma tecnologia que libera o pagamento com o toque do cartão (ou a versão digitalizada dele em um smartphone, pulseira ou smartwatch) sobre um dispositivo habilitado.

Passageiros fazem fila em terminal de ônibus em São Paulo
Passageiros fazem fila em terminal de ônibus em São Paulo
Foto: Paulo Whitaker / Reuters

Esse tipo de conectividade é adotada por plataformas como o Google Pay e a Apple Pay, por exemplo, além de cartões físicos identificados com símbolos de quatro ondas, como o Nubank. Haverá um limite de dez pagamentos por dia por cartão.

Cerca de 200 ônibus estão atualizados para receber a nova forma de pagamento, que ocorrerá no mesmo dispositivo do bilhete único. Segundo a Prefeitura, as 12 linhas transportam 2,9 milhões de passageiros por mês. Na primeira fase, não será possível fazer integração tarifária.

A tecnologia é utilizada no metrô do Rio e também no transporte municipal de Jundiaí, dentre outras cidades. Em São Paulo, inicialmente serão aceitos cartões Visa e Mastercard (nacionais e internacionais) enquanto está em processo a adesão da Elo.

O cartão será a terceira alternativa de pagamento de passagem na capital paulista, que também aceita dinheiro e Bilhete Único. No caso do Bilhete Único, aplicativos e outras tecnologias digitais já permitem a recarga com cartão de crédito.

Segundo a gestão municipal, a implementação do projeto-piloto será custeada pelas empresas participantes do projeto.

Confira as linhas participantes do projeto-piloto na cidade de São Paulo (a partir do dia 14):

2590/10 — Pq. D. Pedro II/União de Vl. Nova

4031/10 — Metrô Tamanduateí/Pq. Sta. Madalena

6030/10 — Term. Sto. Amaro/UNISA-CAMPUS 1

917M/10 — Metrô Ana Rosa/Morro Grande

2002/10 — Term. Bandeira/Ter. Pq. D. Pedro II

715M/10 — Lgo. da Pólvora/Jd. Maria Luiza

908T/10 — Butantã/Pq. D. Pedro II

9300/10 — Ter. Pq. D. Pedro II/Ter. Casa Verde

9500/10 — Pça. Do Correio/Term. Cachoeirinha

5129/10 — Term. Guarapiranga/Jd. Miriam

807M/10 — Shop. Morumbi/Term. Campo Limpo

675R/10 — Metrô Jabaquara/Grajaú

Veja também

Como cegos apreciam os mistérios da Mona Lisa e outras obras-primas:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade