0

Sistema Único de Segurança será sancionado nesta segunda

Presidente se reuniu com ministro da Segurança neste domingo e deverá sancionar lei nesta segunda em cerimônia no Palácio do Planalto

10 jun 2018
21h52
atualizado em 11/6/2018 às 18h59
  • separator
  • comentários

O presidente Michel Temer se reuniu neste domingo, 10, no Palácio do Jaburu, com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. Os dois conversaram sobre o novo Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), modelo pelo qual instituições federais, estaduais e municipais devem atuar em operações combinadas e compartilhar informações.

O presidente da República, Michel Temer
O presidente da República, Michel Temer
Foto: Mario Tama / Getty Images

Pela proposta aprovada na Câmara e no Senado, os registros de ocorrência e investigações serão, agora, padronizados. A cerimônia de sanção da lei que cria o SUSP será realizada nesta segunda-feira, às 16 horas, no Palácio do Planalto.

O projeto foi aprovado pelo Senado em 16 de maio e seguiu para sanção presidencial. No mérito, a matéria é considerada importante por representantes de diferentes correntes políticas por tratar da segurança pública, um dos principais temas a serem debatidos na eleição deste ano.

O texto aprovado prevê que instituições de segurança federais, estaduais e municipais atuem em operações combinadas e compartilhem informações. Pela proposta, os registros de ocorrência e as investigações serão padronizados e deverão ser aceitos por todos os membros do SUSP. Se aprovado, o sistema integrado será coordenado e gerido pelo Ministério Extraordinário de Segurança Pública, chefiado pelo ministro Raul Jungmann.

Veja também

 

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade