3 eventos ao vivo

Número de mortos em Brumadinho sobe para 186 

Segundo a Defesa Civil, ainda há 122 desaparecidos; bombeiros continuam os trabalhos de busca

28 fev 2019
16h01
atualizado às 16h21
  • separator
  • 1
  • comentários

Subiu para 186 o número de mortos pelo rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Há ainda 122 desaparecidos, segundo informação divulgada na tarde desta quinta-feira, 28, pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, as buscas pelas vítimas da tragédia seguem, nesta quinta-feira, com 15 frentes de trabalho.

Moradores prestam homenagem às equipes de resgate e às vítimas da barragem da Vale que se rompeu em Brumadinho (MG) há um mês, nesta segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019. Bombeiros ainda buscam corpos. A tragédia caminha para deixar um saldo de mais de 300 mortos.
Moradores prestam homenagem às equipes de resgate e às vítimas da barragem da Vale que se rompeu em Brumadinho (MG) há um mês, nesta segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019. Bombeiros ainda buscam corpos. A tragédia caminha para deixar um saldo de mais de 300 mortos.
Foto: UARLEN VALéRIO/O TEMPO / Estadão

Segundo a corporação, por causa do tempo instável e desfavorável para uso de drones, a operação segue intensa com 62 maquinários pesados nas escavações. Ao todo, trabalham no local 124 bombeiros.

O Corpo de Bombeiros informou que a operação em Brumadinho não será prejudicada em função do reforço para as operações de Carnaval, que começam a partir desta sexta-feira, 1º, em todo o Estado de Minas Gerais.

A barragem 1 da mina Córrego do Feijão em Brumadinho se rompeu no dia 25 de janeiro. Os rejeitos atingiram a área administrativa, uma pousada e comunidades que moravam perto da mina.

As causas da tragédia ainda não foram esclarecidas. A principal linha de investigação sobre as causas do colapso é o acúmulo anormal de água e a falha no sistema de drenagem da barragem.

Estadão
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade