0

MP impugna sete candidaturas a Conselho Tutelar no Rio

Maior parte das denúncias ocorre por transporte irregular de eleitores; Ouvidoria recebeu mais de 100 denúncias no Estado

6 out 2019
22h29
atualizado em 7/10/2019 às 09h59
  • separator
  • 0
  • comentários

RIO - Sete candidatos a conselheiro tutelar no município do Rio de Janeiro tiveram suas candidaturas impugnadas pelo Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ) neste domingo, 6. As eleições deste fim de semana devem eleger 95 conselheiros titulares e seus suplentes, que trabalharão nos 19 conselhos tutelares do município de 2020 a 2023.

Marcada por uma disputa entre católicos e evangélicos e por denúncias de participação de milicianos, a eleição promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro foi movimentada: até as 18h deste domingo, a Ouvidoria do MP-RJ havia recebido 113 denúncias de irregularidades, sendo 58 na capital e 55 no interior.

Sede de Conselho Tutelar na região do Flamengo, no Rio
Sede de Conselho Tutelar na região do Flamengo, no Rio
Foto: Reprodução/Google / Estadão Conteúdo

Segundo a promotora Rosana Cipriano, que integrou a força-tarefa do MP-RJ responsável por acompanhar a eleição nos 92 municípios fluminenses, a maioria das denúncias dá conta de transporte irregular de eleitores. Mas também há casos de problemas burocráticos na votação e troca de voto por cestas básicas ou outras vantagens indevidas.

As denúncias vão dar ensejo à instauração de procedimentos administrativos do MP-RJ em todo o Estado, nos quais serão colhidos depoimentos de testemunhas e analisadas as provas existentes. O procedimento poderá resultar na impugnação de mais candidaturas, por via administrativa ou judicial.

As impugnações realizadas neste domingo se devem a problemas como boca de urna e propaganda fora do prazo legal, segundo o MP-RJ. A Ouvidoria do MP-RJ vai continuar recebendo denúncias para a adoção das medidas cabíveis pelas Promotorias de Justiça.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade