PUBLICIDADE

Militar dono de apartamento que pegou fogo em Campinas (SP) é achado ferido

Coronel reformado guardava 111 armas de fogo no apartamento em que houve um incêndio

27 fev 2024 - 18h16
(atualizado em 28/2/2024 às 09h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O coronel reformado do Exército Virgilio Parra Dias foi encontrado ferido por canivete em uma praça no Jardim Chapadão, em Campinas (SP).
O coronel Parra Dias, reformado do Exército
O coronel Parra Dias, reformado do Exército
Foto: Reprodução/EPTV

O coronel reformado do Exército Virgilio Parra Dias, de 69 anos, foi encontrado ferido por canivete em uma praça no Jardim Chapadão, em Campinas (SP), na madrugada desta terça-feira, 27. Ele é o dono do apartamento que pegou fogo após uma sequência de explosões, no sábado, 24, no bairro Botafogo, na mesma cidade.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), o Centro de Operações Policiais foi acionado sobre uma ocorrência de tentativa de suicídio. O militar teria se ferido com o canivete.

Ele foi socorrido ao Pronto Socorro do Hospital Santa Tereza, e transferido ao Hospital Municipal Dr. Mario Gatti, onde permaneceu internado. O canivete também foi apreendido.

Apartamento com 111 armas

O apartamento que pegou fogo no sábado, 24, guardava 111 armas de fogo, 25 embalagens contendo pólvora, 39 embalagens com espoletas e 15 carregadores de munição. Após as explosões, o Comando Militar do Sudeste informou, nesta segunda-feira, 26, que abriu um processo administrativo para averiguar irregularidades na situação do arsenal particular.

Virgilio tem registro válido como atirador, caçador e colecionador (CAC), o que permite que ele tenha e armazene armas de fogo e munições.

Na ocasião do fim de semana, o prédio precisou ser evacuado e interditado. Quatro pessoas chegaram a ser resgatadas por meio de rapel pelo Corpo de Bombeiros.

Atenção! Em caso de pensamentos suicidas, procure ajuda especializada como o CVV (Centro de Valorização da Vida), que funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, por e-mail, chat ou pessoalmente. Confira um posto de atendimento mais próximo de você (clique aqui).

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade