PUBLICIDADE

Militar tinha 111 armas em apartamento que pegou fogo em Campinas (SP)

O prédio precisou ser evacuado e interditado no fim de semana após uma sequência de explosões

26 fev 2024 - 22h22
(atualizado às 23h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Um prédio foi evacuado e interditado em Campinas (SP), após um incêndio provocado pelo proprietário, que possuía 111 armas de fogo, 25 embalagens de pólvora, 39 embalagens com espoletas e 15 carregadores de munição.
As explosões no apartamento causaram a interdição e evacuação do prédio
As explosões no apartamento causaram a interdição e evacuação do prédio
Foto: Reprodução/EPTV

O militar reformado dono do apartamento que pegou fogo em Campinas (SP), no último sábado, 24, guardava 111 armas de fogo no local. Após as explosões no imóvel, o Comando Militar do Sudeste informou, nesta segunda-feira, 26, que abriu um processo administrativo para averiguar irregularidades na situação do arsenal particular.

Além das armas, foram apreendidas 25 embalagens contendo pólvora, 39 embalagens com espoletas e 15 carregadores de munição. O dono do apartamento é um militar reformado de 69 anos. Ele tem registro válido como atirador, caçador e colecionador (CAC), o que permite que ele tenha e armazene armas de fogo e munições.

Na ocasião do fim de semana, o prédio precisou ser evacuado e interditado. Quatro pessoas chegaram a ser resgatadas por meio de rapel pelo Corpo de Bombeiros.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade