PUBLICIDADE

Menina que morreu após ser imprensada por carro alegórico vai ser enterrada neste sábado

Após ser socorrida, durante procedimento médico, a menina sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu

23 abr 2022 10h45
| atualizado às 10h57
ver comentários
Publicidade
Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, morreu em acidente com carro alegórico
Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, morreu em acidente com carro alegórico
Foto: Reprodução/TV Globo

O velório da menina Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, está marcado para às 11h deste sábado, 23, no cemitério do Catumbi, no Centro do Rio. Ela estava internada desde a madrugada de quinta-feira, 21, após ser imprensada por um carro alegórico, não resistiu aos ferimentos e morreu no início da tarde desta sexta-feira, 22, no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Rio de Janeiro.

O velório está previsto para acontecer na capela E. O enterro será às 14h. O corpo de Raquel foi liberado no Instituto Médico Legal no início da manhã deste sábado.

O acidente ocorreu no primeiro dia de desfiles do Rio. A menina subiu no carro alegórico da escola de samba Em Cima da Hora na saída da Marquês de Sapucaí, na rua Frei Caneca, enquanto a mãe observava a passagem de outras agremiações na avenida. Naquele instante, o veículo passou em um trecho estreito e as pernas da menina foram prensadas entre a alegoria e um poste.

Raquel foi socorrida em um posto médico montado na Marquês de Sapucaí e, depois, foi encaminhada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ela passou por uma cirurgia que durou cerca de 7 horas e precisou ter a perna amputada. Durante o procedimento, a menina sofreu uma parada cardiorrespiratória, que foi revertida pelos médicos. Apesar disso, seu quadro de saúde permaneceu gravíssimo. A direção do Souza Aguiar informou a morte às 12h10 desta sexta-feira.

Estadão
Publicidade
Publicidade