4 eventos ao vivo

Doria promete abrir 3 delegacias da mulher até o fim de fevereiro

Segundo o governador de São Paulo, todas elas funcionarão 24 horas por dia

18 jan 2019
22h14
atualizado em 19/1/2019 às 08h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta sexta-feira, 18, que vai abrir 3 novas Delegacias da Mulher (DDMs) até o fim de fevereiro. Segundo o tucano, todas elas funcionarão 24 horas. O anúncio ocorre dias depois de o próprio governador ter vetado um projeto de lei que propunha o funcionamento de todas as Delegacias da Mulher de forma ininterrupta.

"Já na primeira semana de fevereiro vamos inaugurar uma DDM. Ao longo do mês, mais duas. Contando com a que já funciona 24 horas, serão quatro delegacias funcionando 24 horas por dia. De forma adequada, com delegadas mulheres, escrivãs mulheres", disse Doria. A delegacia mencionada pelo governador, e que já funciona 24 horas, fica na Sé, no centro da capital. As novas unidades serão abertas na zona norte da capital, em Santos e em Sorocaba. No total, o Estado conta com 133 delegacias da mulher.

O anúncio foi uma resposta à reação negativa ao veto do último dia 10. Na ocasião, o governo justificou a ação afirmando que o projeto, apresentado pela Assembleia Legislativa, que previa a abertura por 24 horas de todas as delegacias da mulher, era inconstitucional porque "implicava em geração de despesas" e legislava sobre algo de competência do poder executivo.

O governador também afirmou que até o fim do seu mandato vai inaugurar 40 Delegacias da Mulher com funcionamento 24 horas - repetindo promessa feita durante a campanha eleitoral.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade