PUBLICIDADE

Cidades

Ameaça de morte contra jornalista da RBS é revelada em operação contra contrabando

PF descobre plano para assassinar repórter que expôs esquema de soja na fronteira do RS

6 dez 2023 - 12h55
Compartilhar
Exibir comentários

Uma operação da Polícia Federal (PF) realizada nesta terça-feira (5), focada no combate ao contrabando de grãos na fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina, resultou na prisão de dois suspeitos que planejavam assassinar o repórter Giovani Grizotti da RBS TV. Interceptações de mensagens entre os investigados revelaram detalhes do plano de homicídio.

Foto: Polícia Federal / Divulgação / Porto Alegre 24 horas

Nas mensagens trocadas, um dos suspeitos critica as reportagens de Grizotti por impulsionar investigações policiais sobre o esquema. A conversa evolui para a sugestão de mandar matar o jornalista, acreditando que isso beneficiaria as operações ilegais.

Giovani Grizotti foi responsável por reportagens no RBS Notícias e no Jornal Nacional da TV Globo, em outubro de 2022, que expuseram o contrabando de soja na fronteira, mostrando a fraude nas notas fiscais e a logística do esquema, incluindo o transporte de soja por barcos através do Rio Uruguai.

Além da ameaça ao jornalista, a operação da PF visou desarticular um grupo suspeito de movimentar R$ 3,5 bilhões em cinco anos através do contrabando de soja e milho. Foram executados 59 mandados de busca e apreensão e 16 mandados de prisão em cinco estados brasileiros. A investigação também revelou a compra de R$ 1,2 bilhão em criptomoedas por duas empresas envolvidas no esquema.

A operação resultou ainda no bloqueio de contas bancárias, totalizando R$ 58 milhões, além da apreensão de veículos, imóveis de luxo e uma aeronave avaliada em R$ 3,6 milhões. Os nomes dos presos não foram divulgados devido ao segredo de Justiça do caso.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade