PUBLICIDADE

Brasil registra mais 15.271 casos e 542 mortes por covid

Os números de domingos e segundas-feiras são sempre menores por conta da baixa notificação das secretarias estaduais

19 jul 2021 18h34
| atualizado às 21h49
ver comentários
Publicidade

Com 542 mortes confirmadas nas últimas 24 horas, o Brasil somou 542.756 vítimas desde o início da pandemia de covid-19, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta segunda-feira (19). O boletim informa ainda que foram notificados mais 15.271 novos casos em um dia, elevando para 19.391.845 a quantidade de contágios registrados. 

Os números de domingos e segundas-feiras são sempre menores por conta da baixa notificação das secretarias estaduais. Os dados de hoje também revelam uma queda em relação ao mesmo dia da semana passada, quando foram 745 óbitos e 17.031 infecções. Desta forma, as médias móveis continuam a apresentar redução: são 40.696 contaminações e 1.218 óbitos. A taxa de letalidade se mantém estável em 2,8% enquanto a de mortalidade subiu para 258,3 a cada 100 mil habitantes. 

O consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL levantou, junto às secretarias estaduais de Saúde, 615 mortes e 16.347 casos nas últimas 24 horas. Ao todo, os veículos de imprensa registraram 542.877 mortes e 19.389.167 infecções pelo novo coronavírus.

EUA, Brasil e Índia são os países do mundo com a maio quantidade de mortes por Covid
EUA, Brasil e Índia são os países do mundo com a maio quantidade de mortes por Covid
Foto: ANSA / Ansa

O estado de São Paulo continua sendo o líder quando são analisados os valores absolutos, com 3.942.776 casos e 134.900 vítimas do coronavírus Sars-CoV-2. A taxa de letalidade está acima da média nacional, em 3,4%, mas abaixo da registrada no Rio de Janeiro (5,8%), que tem a maior do Brasil.
 
Ainda nas contaminações totais, aparecem no top 5, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Santa Catarina e Rio de Janeiro, todos com mais de 1 milhão de contágios. Já nos óbitos, os números colocam na segunda posição o estado do Rio de Janeiro (57.585), seguido por Minas Gerais (48.988), Rio Grande do Sul (32.669) e Paraná (33.813).

Com informações da Ansa e do Estadão Conteúdo 

Ansa - Brasil   
Estadão
Publicidade
Publicidade