PUBLICIDADE

Aluno de academia atingido por aparelho mexe dedo do pé pela primeira vez após acidente

Regilânio da Silva voltou a sentir sensibilidade nos dedos após ser atingido por uma carga de 150 kg

21 mai 2024 - 10h31
(atualizado às 11h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Homem atingido por aparelho de academia no Ceará mexe o dedo do pé pela primeira vez:

O cearense Regilânio da Silva Inácio, de 42 anos, voltou a ter sensibilidade e conseguiu mexer os dedos dos pés, nove meses depois de sofrer um acidente em uma academia em que foi atingido nas costas por um aparelho com 150 kg de carga. Ele sofreu uma lesão na coluna e perdeu o movimento das pernas. Nas redes sociais, Regilânio mostra o progresso de sua recuperação.

O caso aconteceu em uma academia de Juazeiro do Norte, no Cariri, Ceará. No último mês, Regilânio conseguiu ficar em pé com a ajuda de um andador, e voltou a ter sensibilidade nas pernas. Ele chegou a dar alguns passos em casa conforme mostra um vídeo em sua conta do Instagram.

Aluno de academia atingido por aparelho mexe dedo do pé pela primeira vez após acidente
Aluno de academia atingido por aparelho mexe dedo do pé pela primeira vez após acidente
Foto: Reprodução/Instagram

Em entrevista ao Terra, ele contou que sua evolução tem sido rápida, e até surpreendeu os profissionais que o acompanham: “Graças a Deus minha recuperação está evoluindo muito bem, até acima do normal. Os fisioterapeutas e os médicos que fizeram minha cirurgia vêm se admirando bastante por causa da minha evolução, que vem acontecendo muito rápido. Ultimamente começou a aparecer esse sinal, eu consigo mexer os dedos sem ser através de aparelhos, naturalmente. Para mim, é uma grande vantagem, é uma grande evolução."

Aluno que ficou paraplégico após ser atingido por aparelho volta à academia: 'Mais uma vitória':

Regilânio revela que se apoia muito na fé e que só tem progredido com dedicação e o apoio de profissionais e da família. “Para que isso venha a acontecer, essa evolução, eu tenho muita fé em Deus, que Deus nunca desampara. E eu acredito que eu sou capaz de vencer essa batalha, acredito muito nos profissionais que me acompanham, o professor Antônio, o professor Diogo, e o doutor Caio Guedes. No fim de semana, eu faço [fisioterapia] com a minha família, não fico parado, eu faço fisioterapia de segunda a segunda”, explicou. 

Nas redes sociais, ele compartilha seus momentos na academia, que não deixou de frequentar mesmo após o acidente. Antes de ser atingido pelo aparelho, Regilânio treinava musculação há seis anos. A atividade também o ajuda na recuperação dos movimentos.

Recuperação

Aluno atingido por aparelho de academia volta a ficar de pé com ajuda de andador:

O acidente aconteceu em agosto de 2023. Regilânio passou por uma cirurgia para colocar pinos na coluna, e segue em reabilitação. Antes, ele trabalhava como motorista de aplicativo, e chegou a receber a notícia de que teria menos de 1% de chance de voltar a andar.

Persistente, ele acreditou desde o início que, com esforço e dedicação, voltaria a andar sozinho. Atualmente, Regilânio consegue dar alguns passos com ajuda de pessoas e aparelhos, e segue uma rotina regrada de fisioterapia todos os dias em uma clínica e também em casa.

Relembre o acidente

Aparelho de musculação despenca e atinge aluno em academia no Ceará:

Nas imagens registradas por câmeras de segurança, Regilânio da Silva aparece sentado na base de um aparelho, quando, poucos segundos depois, o equipamento desaba sobre seus ombros. A vítima é rapidamente socorrida por outros três homens.

A queda do equipamento segue sem explicação. Regilânio disse que já havia utilizado o aparelho para treinar outras vezes, sem nenhum problema ter acontecido. O proprietário da academia alega que a manutenção estava em dia e que trata-se de um aparelho novo.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade