NÓS, autistas: "Fui diagnosticada aos 43 anos, mas desconfiava desde os 20"

15 ago 2022 - 05h00
Compartilhar

Tatiana Perecin só teve a certeza de ser uma pessoa com autismo na vida adulta. Foi aos 43 anos que ela recebeu o diagnóstico formal. Desde então, muitas de suas questões passaram a fazer sentido. "Foi então que eu percebi que, na verdade, eu não era uma pessoa cheia de problemas. Eu era uma pessoa que tinha uma característica de neurodiversidade e não é uma doença". Assista ao primeiro episódio da websérie NÓS, autistas.

Fonte: Redação Nós
TAGS
Publicidade