PUBLICIDADE

"Red flags" vistas em "Casamento às Cegas" que as mulheres não deveriam ignorar

Reality da Netflix foi permeado por falas e atitudes polêmicas e cheias de machismo de participantes da ala masculina

10 jul 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Klebber Toledo e Camila Queiroz: casal comanda a apresentação de "Casamento às Cegas", cuja 4ª edição se destacou por red flags de participantes
Klebber Toledo e Camila Queiroz: casal comanda a apresentação de "Casamento às Cegas", cuja 4ª edição se destacou por red flags de participantes
Foto: Reprodução Instagra/@camilaqueiroz

Além de entretenimento, alguns realities shows costumam oferecer lições importantes para quem gosta de observar o comportamento humano. "Casamento às Cegas", cujo episódio de conclusão "Uma Nova Chance: O Reencontro" será lançado nesta quarta-feira, 10, na Netflix, é um bom exemplo de falas e atitudes masculinas permeadas por machismo, preconceito e desrespeito às mulheres.

As chamadas "red flags" (bandeiras vermelhas, em português), que são sinais que podem indicar um futuro relacionamento abusivo, tomaram conta da quarta edição da atração comandada pelo casal Camila Queiroz e Klebber Toledo.

"Red Flag": entenda termo que motivou reclamação de Whindersson Nunes "Red Flag": entenda termo que motivou reclamação de Whindersson Nunes

Veja alguns exemplos:

Gordofobia

Primeiro "cancelado" da temporada, Alexandre Thomaz ganhou o ranço do público - e fama de "boy lixo" entre a produção - ao fazer um comentário gordofóbico (e sem sentido) sobre Ariela Carasso. Em conversa com outro participante, Alexandre disse que a moça tinha "voz de gorda". Ariela já se submeteu a uma cirurgia bariátria e, volta e meia, falava sobre as inseguração em relação ao corpo no reality.

Grosseria

Ao conhecer as amigas de Renata Giaffredo, de quem ficou noivo na atração, Alexandre não fez questão nenhuma de ser simpático ou tentar se enturmar. Ao comentar sobre o participante com a produção, uma das amigas disse: "Uma pessoa que trata mal as amigas dela, que fica nervoso, que é explosivo. Eu não gostei do que eu vi". 

Status enrolado

Durante o confinamento, Ariela descobriu que seu noivo, Evandro Pinto, tinha um relacionamento "enrolado" ao chamar outra mulher de "amor" pelo celular. Decepcionada com a falta de comprometimento do rapaz com o propósito do programa e com ela mesma, Ariela ficou indignada.

Abandono paterno

Luana Mendes, ex-companheira de Evandro, expôs o rapaz nas redes sociais ao descobrir sua participação no programa. Entre diversas acusações, Luana falou que Evandro abandonou o filho de 12 anos que teve com ela. Acuado, o participante de "Casamento às Cegas" de desculpou nas redes e garantiu: "Quero fazer o que é certo daqui para frente".

Alexandre e Evandro: fala gordofóbica e acusações de abandono paterno, respectivamente
Alexandre e Evandro: fala gordofóbica e acusações de abandono paterno, respectivamente
Foto: Divulgação

Falta de comprometimento

Pais atípicos de filhos com autismo, Marcia Ishimoto e André Romano se deram bem logo de cara e ele chegou a chamá-la de namorada. No dia seguinte, porém, André desistiu do programa e argumentou que "não se sentia pronto para se entregar". A pressa em se comprometer sem, de fato, querer é uma das red flags mais comuns.

Ostentação

Patrick Ribeiro, que chegou a dizer que sofreu "calvofobia" no reality, foi bastante criticado por falas como "tenho três carros na garagem, é só escolher" e por pendurar a aliança de noivado numa corrente, em vez de colocá-la no dedo. O público - sobretudo o feminino - o considerou fútil e imaturo.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade