PUBLICIDADE

Naiara Azevedo cancela show após denunciar ex-marido por violência doméstica

Cantora acusa Rafael Cabral de lesão corporal, violência patrimonial e apropriação de bens. Ela se apresentaria em Mato Grosso neste sábado, 2. 'Estadão' tentou contato com advogados do empresário

1 dez 2023 - 12h19
(atualizado às 12h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Naiara Azevedo registra boletim de ocorrência por violência doméstica.
Naiara Azevedo registra boletim de ocorrência por violência doméstica.
Foto: Carlos Cardeal Jr/Globo/Divulgação / Estadão

A cantora sertaneja Naiara Azevedo cancelou o show que faria no Vale de São Domingos, em Mato Grosso, neste sábado, 2, após registrar boletim de ocorrência contra seu ex-marido, Rafael Cabral, acusado de lesão corporal, violência patrimonial e apropriação de bens. Maria Luiza Póvoa Cruz, advogada da artista, revelou que a Justiça de Goiás deferiu medida protetiva em favor de Naiara. Estadão tentou contato com o advogado Guilherme Capanema, que representa o acusado, mas não teve retorno até o momento desta publicação.

Caso Naiara Azevedo: violência doméstica e tudo o que você precisa saber Caso Naiara Azevedo: violência doméstica e tudo o que você precisa saber

Em comunicado publicado nas redes sociais, a artista afirmou que o divórcio entre ela e o ex-marido ocorreu em outubro de 2021. Ela ainda afirmou que foi à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia, acompanhada por sua advogada, para formalizar o pedido de medida protetiva.

"Objetivando o amparo legal contra práticas de constrangimento ilegal, lesão corporal, injúria, ameaça, apropriação indébita e violência patrimonial que vem sofrendo", dizia a nota publicada nas redes sociais de Naiara.

Antes da defesa da sertaneja revelar a acusação de violência patrimonial, o g1 noticiou que, no boletim de ocorrência, Naiara disse temer por sua vida. Isso porque Rafael teria feito um seguro de vida no nome dela com um valor muito alto, tendo ele próprio como beneficiário.

Depois de explicar a situação aos fãs e ao público, Naiara contou que o show de sábado, 2, estava cancelado e seria reagendado, sem data prevista. "As demais apresentações de Naiara Azevedo seguem inalteradas", dizia o comunicado.

O Estadão tentou contato com o advogado Guilherme Capanema, que representa o acusado, para saber se eles teriam algum posicionamento sobre o assunto, mas não teve retorno até o momento desta publicação. O espaço segue aberto.

Entenda

Naiara Azevedo registrou um boletim de ocorrência por violência doméstica em Goiás. A informação foi confirmada pela Polícia Civil do estado ao Estadão nesta quinta-feira, 30. Agora, a advogada Maria Luiza Póvoa Cruz revelou que a Justiça de Goiás deferiu medida protetiva em favor de Naiara contra o ex-marido.

Segundo a polícia, a cantora foi prontamente atendida e o caso foi encaminhado à Delegacia Estadual de Atendimento Especializado à Mulher (Deaem). Agora, o órgão lidera a investigação com base na Lei Maria da Penha.

Leia a nota enviada pela Polícia Civil de Goiás:

"A Polícia Civil de Goiás informa que registrou boletim de ocorrência relativo ao fato ocorrido com a cantora vítima, a qual foi prontamente atendida, e que a Deaem já está tomando todas as medidas de investigação em conformidade com o previsto na Lei Maria da Penha."

Estadão
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade