PUBLICIDADE

Mensagens indicam que jovem que filmou própria morte sofria ameaças do namorado

Ielly Gabriele Alves foi morta a tiros por Diego Fonseca Borges no último sábado, 4, em Goiás

6 nov 2023 - 22h52
Compartilhar
Exibir comentários
Prints mostram que amiga alertou Ielly Gabriele Alves, antes de ser morta
Prints mostram que amiga alertou Ielly Gabriele Alves, antes de ser morta
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Antes de ser morta pelo namorado, Ielly Gabriele Alves, de 23 anos, já havia sido ameaçada por ele, indicam mensagens trocadas entre a jovem e uma amiga por meio de um aplicativo de mensagens. Prints divulgados nesta segunda-feira, 6, mostram que a amiga tinha alertado a vítima sobre a gravidade da situação e recomendado que ela pedisse medida protetiva, caso sofresse novas ameaças.

Ielly foi morta a tiros pelo namorado, Diego Fonseca Borges, de 27 anos. O caso aconteceu no último sábado, 4, em Jataí, na região sudoeste de Goiás. O momento do disparo foi filmado pela própria vítima.

“Se ele te ameaçar e triscar em você de novo, faz medida protetiva”, clama a amiga, na conversa divulgada. “É assim que a maioria dos feminicídios acontece. Ninguém acredita que a pessoa é capaz até ver a mulher morta”, alerta, em seguida. A identidade dela não foi revelada. 

Na ocasião da troca das mensagens, Ielly Gabriele relatava ter recebido um áudio sobre um suposto espancamento por policiais. Questionada, a Polícia Militar de Goiás não respondeu se há ocorrências anteriores no nome de Diego Fonseca Borges.

No dia do crime, Diego Borges foi preso em flagrante por homicídio qualificado, caracterizado pela traição, emboscada, dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima. A defesa do suspeito não foi localizada.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade