PUBLICIDADE

Quanto seu videogame representa na conta de luz

Compare o custo dos consoles com outros eletrodomésticos

14 set 2021 14h50
ver comentários
Publicidade
PS5 e DualSense
PS5 e DualSense
Foto: Kerde Severin/Unsplash / Tecnoblog

A conta de luz foi uma das mais recentes vítimas do cenário politíco/econômico do Brasil, sofrendo um novo aumento de tarifa na bandeira vermelha. Com isso, o Game ON resolveu fazer um cálculo médio de quanto os videogames podem gerar de gastos na somatória do final do mês.

Primeiramente, é necessário entender como é feito o cálculo de cobrança da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), então vamos lá.

Calculando o consumo de energia de um eletrodoméstico

Cada eletrodómestico tem uma potência específica que servirá para calcular o consumo usando como fórmula a medida de quantos quilowatts são consumidos por hora equivalendo à potência do aparelho, em watts, multiplicado pelos dias de uso dividido por mil. Para facilitar, a fórmula fica assim:

Consumo (kWh) = potência (W) x horas de uso por dia (h) x dias de uso no mês / 1000.

Achado o número de kWh que o eletrodoméstico em questão gera, basta multiplicar este número pelo valor cobrado pela empresa de distribuição de energia responsável da sua cidade ou região.

O consumo médio dos consoles

Para demonstrarmos um valor médio que os consoles podem gerar na sua conta de luz no final do mês, usaremos como padrão o preço por kWh cobrado na cidade de São Paulo, que é de R$ 0,46, segundo a Enel. Além disso, utilizaremos como base de tempo médio de uso de videogames os dados recolhidos pela Pesquisa Game Brasil sobre o ano de 2020, que são os seguintes:

Foto: Pesquisa Game Brasil / Reprodução

De acordo com a PGB, a maioria dos gamers (31,3%) joga entre 1 e 3 horas a cada sessão de gameplay. Utilizaremos 2 horas como a média e estabeleceremos que um gamer joga no mínimo estas 2 horas em 4 dias da semana. Consequentemente, cada um dos consoles gera o seguinte valor por mês em São Paulo:

  • PlayStation 5 - R$ 3,23 (220 W)
  • Xbox Series X - R$ 3,23 (220 W)
  • Xbox Series S - R$ 1,47 (100 W)
  • PlayStation 4 Classic - R$ 2,20 (150)
  • PlayStation 4 Pro - R$ 2,35 (160 W)
  • PlayStation 4 Slim - R$ 1,61 (110 W)
  • Xbox One - R$ 1,76 (120)
  • Xbox One X - R$ 2,64 (180)
  • Xbox One S - R$ 1,32 (90)

Os valores podem parecer baixos, mas é sempre importante lembrar que isso diz respeito exclusivamente dos consoles, que por regra devem rodar juntamente com uma televisão, que possui 100 W de potência em média. Além disso, o videogame representa uma parcela pequena do consumo da energia de uma casa quando comparamos com outros eletrodomésticos como um simples chuveiro que possui normalmente 3500 W.

No caso da aumenta de tarifa, ela diz respeito à bandeira vermelha, que, caso a região esteja enfrentando uma dificuldade de geração de energia, haverá um aumento do valor pago a cada 100 kWh. Antes a tarifa a cada 100 kWh em bandeira vermelha era de R$ 9,49, agora ela custa R$ 14,20 para cada 100 kWh consumidos no mês.

Aliás, para ficar atento e descobrir se você está utilizando o seu console da forma mais ecônomica, confira algumas dicas da nossa reportagem clicando aqui.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade