PUBLICIDADE

Krafton processa Garena, Google e Apple por Free Fire

Publisher de PUBG alega que jogo da Garena copia elementos do seu battle royale

14 jan 2022 09h22
| atualizado às 09h23
ver comentários
Publicidade
Free Fire e PUBG
Free Fire e PUBG
Foto: Garena/Krafton / Montagem/Divulgação

A Krafton, publisher de PUBG Battlegrounds abriu um processo nos EUA contra a Garena, alegando que os jogos Free Fire e Free Fire Max copiam e utilizam marcas registradas do seu battle royale, informou o site norte-americano Bloomberg Law.

"Free Fire e Free Fire Max copiam extensivamente numerosos aspectos de Battlegrounds, tanto individualmente quanto em combinação, incluindo a 'abertura aérea' registrada de Battlegrounds, a estrutura e mecânica de jogo, a combinação e seleção de armas, armaduras e objetos únicos, locações e a escolha geral de esquema de cores, materiais e texturas", diz o processo aberto pela Krafton.

São listadas várias semelhanças entre os dois jogos, desde o lobby antes das partidas até o layout do mapa e a frigideira que serve como arma e armadura, entre outros elementos. Segundo alega a Krafton, até a mensagem de "Chicken Dinner", criada para parabenizar os vencedores em PUBG teria sido adaptada pela Garena, ainda que não diretamente.

"A Garena empregou o uso do imaginário do frango em Free Fire, incluindo mas não se limitando a exibir um prato de frango assado quando o jogador é vitorioso", explica a Krafton.

Semelhanças entre PUBG e Free Fire listadas no processo
Semelhanças entre PUBG e Free Fire listadas no processo
Foto: Bloomberg Law / Reprodução

A empresa também está processando a Apple e o Google por distribuir Free Fire e Free Fire Max e terem se recusado a aceitar os seus pedidos de remoção dos jogos das lojas online do Android e do iOS. O Google também está sendo processado por não derrubar vídeos de Free Fire do YouTube - além de vídeos de um filme chinês chamado 'Biubiubiu', que também tem várias semelhanças com PUBG.

No processo, a Krafton pede que todas as partes envolvidas parem de vender e distribuir jogos que infrinjam seus direitos e que clipes de Free Fire sejam removidos do YouTube, entre outras coisas, como compensação monetária.

Esta não é a primeira vez que as duas empresas se envolvem em uma disputa judicial. Em 2017, a Krafton fez um acordo com a Garena para a publicação de um jogo ao estilo PUBG em Singapura. Segundo a empresa, aquele acordo não incluia o licenciamento nem permitia a venda dos jogos nos Estados Unidos.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade