PUBLICIDADE

Jogo F1 2021 é lançado com inédito modo história; veja impressões

Jogo não traz grandes novidades, mas promete diversão a longo prazo com diversas modalidades

16 jul 2021 20h01
ver comentários
Publicidade
F1 2021 dá continuidade à série dos jogos de corrida do estúdio britânico Codemasters
F1 2021 dá continuidade à série dos jogos de corrida do estúdio britânico Codemasters
Foto: Divulgação/EA Games / Estadão

Jogos de corrida são um dos gêneros mais famosos e antigos dos videogames. Existem os games de kart (as versões de Mario e Crash são duas expoentes divertidíssimas), de corrida urbana (Gran Turismo, Need for Speed e Forza Horizon são clássicos) e de corrida profissional, como Fórmula 1, que lança anualmente versões do jogo, feito pelo tradicional estúdio britânico Codemasters.

Para a edição deste ano, não existem muitas novidades no F1 2021, vendido aqui no País a partir desta sexta-feira, 16, por até R$ 300 para Xbox Series X/S, PlayStation 5, Xbox One, PlayStation 4 e PC pelo Steam. A convite da EA Sports, do estúdio Electronic Arts, que comprou a Codemasters por US$ 1,2 bilhão, o Estadão testou o título.

A principal novidade, e também a mais interessante, é a adição de uma campanha com direito a drama e muita rivalidade no jogo, o que é essencial para dar vida a um esporte cuja vitória é decidida em milissegundos nas pistas. Chamada de Ponto de Frenagem, acompanhamos um piloto fictício na final da Fórmula 2 (o britânico Aiden Jackson), que finalmente se classifica e vai para a tão sonhada Fórmula 1, onde se desentende com o companheiro de equipe, Casper Ackerman.

Testado no PlayStation 5, o jogo não traz nenhum recurso que salte aos olhos ao pilotar o volante. É claro, há o gatilho adaptável do controle DualSense (o botão L2, usado para frear, torna-se mais resistente, possibilitando uma desaceleração mais responsiva no jogo) e é possível ouvir a equipe se comunicando com o piloto no áudio do controle. São adições bacanas, mas já vistas em outros jogos no console. Portanto, jogar F1 2021 em um videogame de última geração não é uma experiência obrigatória — deve funcionar muitíssimo bem em um PlayStation 4 ou PC, por exemplo.

A pilotagem é hiperrealista, como deve ser, mas os cenários são um tanto monótonos e os sósias animados parecem bonecos (o rosto de Lewis Hamilton é bem pouco realista). A imagem em 4K é boa, mas esses detalhes acabam por atrapalhar.

F1 2021 está disponível para Xbox X/S, PlayStation 5, Xbox One, Playstation 4 e PC
F1 2021 está disponível para Xbox X/S, PlayStation 5, Xbox One, Playstation 4 e PC
Foto: Divulgação/EA Games / Estadão

Dificuldade

Ao contrário dos jogos de corrida citados no início deste texto, F1 2021 é difícil. Mesmo. O que é bom, porque desafios fazem parte de qualquer jogo.

Ainda no Ponto de Frenagem, é fácil repetir pistas vezes e mais vezes porque o jogador ficou abaixo de uma ou duas posições no pódio. Se o player não for um fã da série da Codemasters, talvez valha a pena jogar em dificuldades mais baixas até pegar o jeito e, claro, acompanhar a história de rivalidade deliciosa entre Jackson e Ackerman.

Outro ponto é que F1 2021 é tão hiperrealista que existem opções muito específicas para os amantes de automobilismo, como controlar temperatura dos pneus — a depender do calor, o percurso pode ser atrapalhado, no mínimo. Para acessar essa informação, é preciso apertar alguns botões para vê-la mostrada no canto inferior direito da tela. E isso tudo acontece enquanto se pilota nas curvas, o que acaba por atrapalhar a jogabilidade.

Os desenvolvedores do game parecem saber dessa dificuldade. Para torná-lo mais digerível para diferentes jogadores, o Ponto de Frenagem traz objetivos curtos e simples para o avanço da história. Em vez de realizar 15 voltas em uma mesma pista, por exemplo, são 8 voltas para atingir determinado objetivo e outras 7 com um segundo objetivo. Isso faz o game andar porque o jogador se cansa menos ao não ter de repetir à exaustão o mesmo procedimento até obter a desejada vitória.

Longevidade

Além do Ponto de Frenagem, F1 2021 traz o Modo Carreira (em que você pode ser um piloto ou comandar uma equipe), que pode ser feito em dupla nesta edição. Existe também um modo "híbrido", chamado de Real-Season Start: o jogador poderá acompanhar as corridas da F1 de verdade, usando os resultados do fim de semana para realizar as partidas no game.

O F1 2021, a despeito desses modos, é um jogo criado para ser longevo. Apesar de ser lançada uma edição todo ano, há ao menos meia dúzia de modos para se jogar em um único título: partidas solo, história, carreira e multiplayer online. Assim como a série FIFA, não é o tipo de jogo que envelhece rapidamente.

Talvez esse seja o maior ponto positivo de F1 2021, um game que não traz novidades gritantes em termos de recursos nem apresenta um salto na jogabilidade nos novos consoles. Para os fãs de automobilismo, essa é a aposta certa para intercalar com os finais de semana de corridas na televisão.

Estadão
Publicidade
Publicidade