PUBLICIDADE

Jogamos: Nightingale é diamante bruto que precisa ser lapidado

Jogo de sobrevivência da Inflexion Games entrou recentemente em acesso antecipado

29 fev 2024 - 09h26
Compartilhar
Exibir comentários
NIghtingale é o primeiro jogo do estúdio canadense Inflexion Games
NIghtingale é o primeiro jogo do estúdio canadense Inflexion Games
Foto: Reprodução / Inflexion Games

Um estilo que vem ganhando cada vez mais jogos ultimamente é o de sobrevivência, com nomes como Valheim, The Forest, Conan Exiles, Rust, entre outros. Há também os recentes Pacific Drive e Palworld, com este último sendo uma das grandes surpresas do ano. E agora chegou a vez de Nightingale tentar garantir seu lugar neste gênero tão popular.

Lançado em acesso antecipado, se trata de um jogo de sobrevivência e construção com elementos de PvE e que pode ser jogado tanto sozinho quanto com amigos no modo cooperativo, ambientado em uma era que mistura elementos de fantasia, steampunk e da era Vitoriana, colocando você em um lugar chamado Mundo Feérico, que conta com a presença de personagens fictícios e históricos.

Sobrevivência na era Vitoriana

Ao criar seu avatar, você tem acesso a diversas opções para mudar sua aparência e poder até mesmo estabelecer uma linhagem para ele, indo até seus bisavós, para influenciar na sua aparência. Sua história, poder dimensional e equipamento inicial irão determinar o quão difícil será sua jornada.

Assim como em outros jogos do gênero, é necessário desbravar a natureza para sobreviver, caçando e coletando seu alimento para se manter nutrido, construindo abrigos para se proteger perigos noturnos, montar locais para repousar, se proteger da força dos elementos, criar armas e ferramentas para aumentar suas chances de sobrepujar os desafios que te cercam, e assim por diante.

Um lado legal desse aspecto de sobrevivência em Nightingale é que existem algumas coisas bastante inesperadas que deixam a aventura mais desafiadora, como por exemplo sair da sua moradia durante uma chuva de granizo, com isso causando dano em sua vida, podendo até ser fatal. Encarar um local muito quente também prejudica sua saúde, assim como sair no frio à noite.

Há formas para se proteger dessas mudanças climáticas, por exemplo usando um guarda-chuva para não se molhar, mas isso tudo serve para mostrar que todo cuidado é pouco em sua aventura, já que qualquer vacilo que você cometer pode ser o último. Isso meio que te obriga a se preparar bem antes de fazer uma longa viagem dentro da região na qual você se encontra.

Viajando entre dimensões

Puck te dá uma mãozinha no começo de sua longa jornada
Puck te dá uma mãozinha no começo de sua longa jornada
Foto: Divulgação / Inflexion Games

Para te orientar, você conta com a ajuda de um Feérico chamado Puck, que lhe fornece os primeiros passos para que você entenda as mecânicas de exploração, coleta, criação, construção, combate, interação, e mais, mostrando inclusive aquele que considero o principal chamariz de Nightingale: as cartas dimensionais.

Com essas cartas, você define o tipo de dimensão para o qual você quer se transportar. Há a carta do bioma, como floresta ou deserto, cada um com seus próprios benefícios e desafios, e também a carta superior, que define o evento que dita a realidade da dimensão que será criada. Ao escolher as cartas e fazer a fusão delas, um portal se abre, lhe dando acesso a esse novo local criado de forma aleatória, mas usando as características das cartas escolhidas.

Há também um terceiro tipo de carta, as Menores, que podem ser utilizadas em um local específico dentro da dimensão para realizar ajustes em tempo real, como por exemplo, prolongar os efeitos de uma refeição ou então fazer com que você consiga viajar mais rapidamente, melhorando sua resistência à maioria das formas de dano, ou até mesmo pular mais alto.

Portal para outra dimensão se abre após uso das cartas dimensionais
Portal para outra dimensão se abre após uso das cartas dimensionais
Foto: Divulgação / Inflexion Games

Outro aspecto interessante é que os jogadores têm a opção de designar uma dimensão que podem chamar de lar, onde podem construir seu Refúgio, no qual também conseguem retornar por meio da viagem rápida. Contudo, alguns jogadores já relataram que existe um limite de itens construídos num mesmo mapa, que pode ser alcançado rapidamente caso seu grupo de amigos no jogo seja grande, o que é um problema grave em um jogo que envolve cooperação.

Com aliados (reais ou não), fica tudo mais fácil

Você tem a opção de encarar tudo sozinho, mas podendo fazer uso de companheiros controlados pela inteligência artificial para te dar uma mão, ou então jogando ao lado de outros jogadores. É possível cooperar para ajudar uns aos outros nas caçadas, na coleta de recursos, nos combates ou na construção de moradias e utensílios, o que certamente fica bem melhor se feito junto com amigos em vez de desconhecidos.

O ideal é que você sempre tenha alguém ao seu lado, seja outro jogador ou um NPC aliado, pois no momento em que você morrer (e acredite, isso vai acontecer), seu parceiro pode te reviver rapidamente. No entanto, se não houver alguém para fazer isso, você retornará ao Refúgio ou o ponto inicial da dimensão na qual se encontra, sendo inclusive necessário ir até o local onde você morreu para pegar de volta os itens que estavam no inventário.

Ter aliados, sejam eles seus amigos ou personagens controlados pelo jogo, é essencial
Ter aliados, sejam eles seus amigos ou personagens controlados pelo jogo, é essencial
Foto: Divulgação / Inflexion Games

À medida que você vai evoluindo seu personagem e aprendendo mais, o jogo vai se expandindo com novas mecânicas e também com o surgimento de receitas adicionais para criar novos itens e equipamentos sendo liberadas, com muitas delas podendo ser adquiridas no comerciante de essências, que vende elas juntamente com outros recursos. 

Felizmente o pó de essências, utilizado como moeda de troca e também para reparar seus equipamentos e até mesmo construir algumas coisas, é fácil de ser obtido, bastando coletar recursos de quaisquer tipos e em seguida convertê-los em essências no inventário. Há também lugares onde você pode conseguir porções deste pó, que também possui versões mais raras e valiosas.

Ritmo do jogo atrapalha um pouco

Jogo progride vagarosamente, ao ponto disso irritar em alguns momentos
Jogo progride vagarosamente, ao ponto disso irritar em alguns momentos
Foto: Divulgação / Inflexion Games

Algo que me deixou um pouco incomodado é que a evolução em Nightingale é bastante demorada, levando muitas horas até você conseguir acesso para equipamentos e ferramentas melhores. A obtenção de certas matérias-primas também é consideravelmente arrastada, com algumas coisas triviais levando muito tempo.

Nos combates, especialmente contra inimigos mais fortes ou chefes, seja com armas de combate corpo a corpo quanto armas de fogo ou à distância, o jogo também deixa um pouco a desejar. Com o passar das horas e do progresso na história, no entanto, você ganha acesso a armamentos mais avançados, o que melhora um pouco a situação. Quando você consegue mesclar mágica com suas habilidades, a jogabilidade também fica mais dinâmica.

Combates no jogo não agradam
Combates no jogo não agradam
Foto: Divulgação / Inflexion Games

O curioso é que mesmo com esses contratempos no ritmo e combates, Nightingale ainda assim consegue segurar a atenção, a ponto de você poder ficar muito tempo jogando sem perceber a hora passando, o que me faz ponderar que daqui alguns meses a experiência tende a estar ainda melhor.

Visual chama a atenção

Graficamente o jogo apresenta cenários muito bonitos, não importando em qual bioma você se encontra, graças ao uso da Unreal Engine 5. Entretanto, os personagens e algumas das criaturas precisam ter um acabamento melhor, com isso valendo em dobro para os NPCs e o avatar do jogador, pois parecem um tanto deslocados em comparação com o cuidado aplicado no restante dos visuais.

No desempenho não tive muitos problemas, mesmo porque Nightingale tem suporte ao DLSS e Frame Generation da NVIDIA, o que me permitiu aproveitar meu tempo nas terras feéricas em 4K e 60 fps usando uma GeForce RTX 4070 e configurando o DLSS em Desempenho com gerador de quadros ativado.

No entanto, por ser um jogo em acesso antecipado, bugs estão presentes, inclusive no DLSS que pode apresentar instabilidade com a geração de quadros, obrigando a desligar e religar o recurso para resolver isso quando ocorre. Além disso, os gráficos às vezes bugam, com a iluminação ficando incorreta e escura demais, sendo necessário reiniciar o jogo quando isso acontece. Há também a presença de travadas aleatórias e alguns textos em inglês ao jogar em português.

Na parte online, em certos momentos passei por desconexões ou demora para conectar nos servidores, mas a experiência ficou estável a maior parte do tempo. Entretanto, como a comunidade já frisou bem, não faz sentido haver a possibilidade de jogar sozinho e mesmo assim precisar ficar online para isso. Felizmente a Inflexion Games entendeu o recado e já está trabalhando para adicionar um modo offline. 

Conclusão

Nightingale oferece uma boa primeira impressão no início de seu acesso antecipado, com sua mecânica envolvendo as cartas dimensionais sendo o principal destaque. No entanto, os aspectos de sobrevivência, construção e combate ainda precisam de trabalho e refinamento, especialmente porque o ritmo de jogo está um tanto lento demais e você acaba perdendo muito tempo com situações que deveriam ser mais rápidas, como construir moradias, derrotar inimigos comuns ou achar certos tipos de matérias-primas.

Trata-se de um jogo com um potencial imenso, talvez até para se tornar um dos destaques do gênero de sobrevivência, caso seja trabalhado lado a lado com a comunidade, especialmente com os jogadores que dedicarem dezenas ou centenas de horas nele para apontar com mais precisão o que funciona, o que precisa ser alterado drasticamente e o que tem de ser descartado.

Nightingale está disponível para PC, via Steam e Epic Games Store.

*Esta prévia foi feita no PC, com uma cópia do jogo gentilmente cedida pela Inflexion Games.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade