PUBLICIDADE
Logo do Vitória

Vitória

Favoritar Time

Com efeitos colaterais do clássico, Vitória sofre empate

Num final emocionante, o Vitória alcançou a igualdade por 1 a 1 diante do Náutico, na partida desta quarta-feira (21) no Barradão, durante a quarta rodada do Nordestão. Evandro, do Timbu, marcou o primeiro gol, enquanto Daniel Júnior, aos 48 minutos do segundo tempo, nivelou o placar. Após o desfecho, o Vitória atinge a marca […]

22 fev 2024 - 08h04
(atualizado às 08h04)
Compartilhar
Exibir comentários
(FOTO: VICTOR FERREIRA/ EC VITÓRIA)
(FOTO: VICTOR FERREIRA/ EC VITÓRIA)
Foto: Esporte News Mundo

Num final emocionante, o Vitória alcançou a igualdade por 1 a 1 diante do Náutico, na partida desta quarta-feira (21) no Barradão, durante a quarta rodada do Nordestão. Evandro, do Timbu, marcou o primeiro gol, enquanto Daniel Júnior, aos 48 minutos do segundo tempo, nivelou o placar.

Após o desfecho, o Vitória atinge a marca de cinco pontos, assumindo o quinto lugar no Grupo A do Nordestão. Enquanto isso, o Timbu também acumula cinco pontos, porém, está em terceiro lugar no Grupo B da competição regional.

O Vitória retorna ao campo no domingo(25), enfrentando o Alagoinhas no Barradão, às 18h30, pela próxima partida do Baianão. Enquanto isso, o Timbu entra em campo no sábado(24), contra o Sport, no estádio dos Aflitos, às 16h30, para o último jogo da primeira fase do Pernambucano.

Para saber tudo sobre o Vitória, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

No jogo no Barradão, o primeiro tempo viu poucas chances claras de gol, com o Náutico dominando a posse inicialmente e o Vitória buscando mais a bola depois, mas sem criar perigos reais. Na segunda etapa, o Náutico abriu o placar logo no início, mas o Vitória conseguiu empatar nos acréscimos, garantindo um ponto para cada equipe no Nordestão.

Em coletiva, o técnico Léo Condé afirmou que os jogadores tiveram um ritmo um pouco mais lento, pelo menos ao primeiro tempo, comparado com a corrida atrás do prejuízo no final do segundo tempo, e afirmou também que o desgaste físico do clássico Ba-Vi, também de certa forma prejudicou alguns atletas, e que houve pouco tempo para recuperação de fato, fazendo com que o primeiro tempo facilitasse a marcação para o adversário.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade