2 eventos ao vivo

Semifinal entre Atlético-GO e Vila Nova termina em pancadaria

7 abr 2019
20h46
atualizado às 20h46
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando o árbitro apitou o final da parida entre Atlético-GO e Vila Nova, vencida por 1 a 0 pelo Dragão, uma confusão generalizada teve início no gramado do estádio Antônio Accioly. Na briga, que contou com agressões físicas, estiveram envolvidos jogadores e funcionários dos dois clubes. A presente no gramado teve de intervir utilizando gás de pimenta.

Os atletas e membros da comissão técnica do Vila Nova acusam o atacante Pedro Raul de ter feito provocações em direção ao banco de reservas do adversário após o final da partida. O jogador do Dragão, porém, defende-se dizendo que apenas comemorava com a torcida. Neste momento, os jogadores passaram a trocar insultos e, então, a briga tomou proporções maiores com a chegada da comissão técnica e até mesmo do segurança do Atlético.

O fotógrafo do Dragão, Paulo Marcos, foi encaminhado a um hospital nas proximidades do estádio por suspeita de uma fratura na perna. Os profissionais de imprensa que acompanhavam o jogo no gramado ficaram acuados durante a briga e também sofreram com os efeitos do gás de pimenta utilizado pelos policiais.

Depois que a confusão foi contida, o perfil do Atlético-GO fez uma postagem em seu Twitter lamentando o acontecido, classificando o episódio como um "verdadeiro absurdo".

O Atlético-GO avançou à final do Campeonato Goiano depois de derrotar o rival, já que o primeiro confronto terminou empatado em 1 a 1. Na decisão do estadual, o time comandado por Wagner Lopes enfrentará o Goiás.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade