0
Logo do Vasco
Foto: terra

Vasco

Vasco trabalha com três nomes para diretoria de futebol

6 dez 2018
12h00
atualizado às 12h00
  • separator
  • comentários

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, não pretende passar em 2019 pelo susto vivido em 2018, quando o time só conseguiu afastar o risco de rebaixamento na última rodada do Campeonato Brasileiro, com um empate sem gols com o Ceará no Nordeste. Para isso, entende que é necessário contratar um diretor de futebol experiente e, de preferência, com boa identificação com o clube. Por isso, trabalha com três nomes: Antônio Lopes, Ricardo Rocha e Rodrigo Caetano.

O nome de Rodrigo Caetano é tratado como o que requer mais investimento, pois dificilmente o dirigente deixaria o Internacional por um salário baixo e ainda exigiria a contratação de bons reforços. Porém, é tratado como um trunfo capaz de convencer Abel Braga a aceitar uma proposta vascaína mesmo o Cruz-Maltino encontrando a concorrência de clubes em melhor condição financeira, como Flamengo e Santos.

Antônio Lopes exerceu esta função no Botafogo na gestão de Carlos Eduardo Pereira e fez um belo trabalho. Assumiu o time na Série B do Campeonato Brasileiro, conquistou o título e consequente acesso, e ainda viu o Glorioso se classificar para a Copa Libertadores, chegando às quartas de final em 2017. Em entrevista ao Twitter "Expresso 1898", especializado em informações do Vasco, se mostrou satisfeito em ter seu nome cogitado.

"Sim. Eu estou em disponibilidade. Seria uma honra voltar a trabalhar no Vasco", disse o Delegado.

Outro nome que agrada bastante é o de Ricardo Rocha, que deixou o São Paulo nesta segunda-feira. Alexandre Campello, pretende procurar o ex-jogador para conseguir convencê-lo a aceitar o desafio. O mandatário acredita que o ex-jogador pode se motivar pelo fato de trabalhar no Rio de Janeiro, onde sempre se adaptou muito bem.

Como zagueiro, Rocha, que foi campeão da Copa do Mundo de 1994 pela Seleção Brasileira, atuou pelo Vasco na década de 90, sendo campeão carioca em 1994. O nome de Ricardo Rocha também é visto com empolgação por Alberto Valentim. O treinador não comentou o assunto, mas gosta do estilo do ex-zagueiro de unir os profissionais por onde passa. Ele é visto como um elo importante entre elenco e diretoria.

O elenco do Vasco entrou de férias nesta segunda-feira e a reapresentação está prevista para 3 de janeiro. Nos próximos dias a diretoria deverá informar mais detalhes sobre o período de pré-temporada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade