PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Ramón Diaz mantém confiança em permanência do Vasco na Série A: 'Não vai cair'

Em partida importante para fugir do Z-4 na reta final do Campeonato Brasileiro, o Vasco perdeu por 4 x 2 para o Corinthians nesta terça-feira (28).

29 nov 2023 - 01h13
(atualizado às 01h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Leandro Amorim/Vasco / Esporte News Mundo

Em partida importante para fugir do Z-4 na reta final do Campeonato Brasileiro, o Vasco perdeu por 4 x 2 para o Corinthians nesta terça-feira (28). A partida, realizada no estádio São Januário, era um confronto que definiria um ar de alívio para se afastar da zona de rebaixamento. Até o intervalo, houveram quatro gols, dois para cada equipe, mas no segundo tempo, o meia Moscardo e o atacante Giovane anotaram os gols da vitória do clube paulista.

O Vasco, que não vence o Corinthians à 13 anos em casa, se complicou ainda mais na tabela, e após a derrota no começo da 36ª rodada, o clube carioca se encontra na 16ª posição, com 42 pontos, um ponto acima do primeiro colocado do Z-4, o Bahia, que ainda irá jogar em casa, contra o São Paulo nesta quarta-feira (29).

Em coletiva pós-jogo, o técnico Rámon Diaz comentou sua opinião na derrota para o Corinthians:

- Creio que tivemos um bom começo e tivemos a possibilidade de aumentar o placar. Primeiro que estavam todos emocionados em ter um resultado positivo que permitiria sair um pouco desta situação. Contudo, eu me sinto orgulhoso. Sabíamos que era muito difícil o que estamos enfrentando, e os jogadores estão fazendo um esforço enorme, lutando por algo que era quase impossível. Estávamos ganhando por duas vezes seguidas, e por desatenções que não queríamos, mas acontecem no futebol, sofremos dois gols incríveis, em duas situações de bola parada. Teremos que corrigir isso -

Além disso, o técnico afirmou sobre a situação da equipe Cruz-maltina:

- Hoje a equipe não está rebaixada. Teremos que esperar os resultados que virão, e ainda teremos 6 pontos que iremos disputar. Talvez digam que seja difícil, contra o Grêmio, porém o futebol tem que ser jogado. Entendo a torcida, a raiva, mas a equipe vai continuar lutando até o final. Isso é o que nós e a equipe nos propusemos ir até o final. Nós iremos tentar. Ainda não está nada definido, e faltam 6 pontos para disputar -

Ao ser perguntado sobre a forma do Vasco jogar após fazer gol, o técnico pontuou:

- Seguimos o que havíamos trabalhado e a proposta que venhamos tendo a bastante tempo, e a equipe sempre foi agressiva, e assim se moldaram dois lindos gols, principalmente último do Pablo, e poderíamos concretizar muito mais gols pela maneira que jogamos. De repente, a equipe recuou, e não é assim que trabalhamos, mas sim de continuar agressivos e contendo a metade do campo -

O treinador também afirmou que acredita que o Vasco não irá ser rebaixado:

- Eu sigo acreditando, assim como todos que acreditam. No futebol tudo muda muito rápido. Quando pensa que não pode ganhar, a equipe se levanta. Tudo pode acontecer, uma equipe conseguir pontos e se salvar. Contudo, disse aos jogadores que estava orgulhoso do que fizemos e teremos que ter dignidade de lutar até o final. Estou convencido que o Vasco não vai cair. No futebol tem isso, se não tiver otimismo, esta transmissão de otimismo, tudo se acaba. Ainda há seis pontos em disputa e temos que esperar os jogos das outras equipes. Vamos ter que esperar os outros resultados -

Ramón Diaz explicou também o motivo de suas substituições no confronto:

- Sempre jogamos com três jogadores no meio e ficamos um pouco mais abertos no segundo tempo. Demos muito espaço para uma equipe que se agrupa bem e não fomos muito claros na conclusão, e na concretização não fomos muito claros. Temos que corrigir isso para as duas partidas restantes para que mantenhamos sempre a estrutura para podermos chegar com uma melhor criação e criar melhores situações de gol. Como disse, a jogada que Pablo chegou ao gol, se analisar bem, foi um dos melhores gols que fizemos, pela forma que definirmos. O Capasso era o zagueiro que estava melhor preparado entre os demais -

Por fim, o técnico deu sua opinião sobre o que faltou para o Vasco após o terceiro gol, para tentar buscar o empate:

- Creio que faltou um pouco mais de tranquilidade e a equipe estava muito ansiosa, querendo demonstrar a torcida o ímpeto que temos há muito tempo e que permitiu que chegássemos nesta situação. A equipe estava muito apressada no segundo tempo para buscar o gol e empatar, e isso permitiu que o adversário possa complicar o jogo. Foi isso o que aconteceu -

Para saber tudo sobre o Vasco, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O próximo confronto do Vasco da Gama será no domingo (3), fora de casa contra o Grêmio, às 18:30 (horário de Brasília).

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade