3 eventos ao vivo

Zverev vence Cilic e encara Nadal na final do Masters 1000 de Roma

19 mai 2018
18h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Neste sábado, o jovem Alexander Zverev mostrou mais uma vez porque é um dos principais tenistas do mundo na atualidade. Isso porque o alemão derrotou o croata Marin Cilic por 2 sets a 0, parciais 7/6 e 7/5 e se classificou para mais uma final do Masters 1000 de Roma. O atual número 3 do mundo tentará o bicampeonato, já que no ano passado derrotou de forma impressionante o sérvio Novak Djokovic.

A final deste domingo só não será a mesma de 2017 porque Rafael Nadal continua sendo o maior tenista da história do saibro. Em uma partida eletrizante e extremamente equilibrada contra o sérvio, o Touro Miúra jogou uma de suas melhores partidas na temporada e derrotou o rival por 2 sets a 0, parciais 7/6 e 6/3,  se classificando para a final e continuar almejando seu oitavo título em Roma. Já Zverev tenta o bicampeonato na capital italiana e o seu quarto título de Masters 1000 na carreira.

A partida entre Zverev e Cilic foi muito parecido com a primeira semifinal no dia. Com os dois tenistas jogando em excelente nível e sendo agressivos desde o início, o primeiro set foi decidido apenas no tiebreak. Igual quando enfrentou Kyle Edmund nas oitavas de final, o alemão encarou mais um game desempate muito longo, com a vitória do jovem tenista por 15 a 13 na primeira parcial.

Já no segundo set, o croata começou em alta e chegou a abrir 2 a 0, com uma quebra a favor. Mesmo em desvantagem, Zverev manteve a estratégia inicial e conseguiu devolver a quebra no oitavo game, após ter desperdiçado mais de um break point a seu favor. No final, o jovem alemão quebrou mais um serviço de Cilic, quando tudo parecia se encaminhar para mais um tiebreak, e confirmou a vitória e mais uma final de Masters 1000 na carreira.

A final de Roma será uma das mais esperadas da temporada do tênis. Zverev vive excelente fase atuando no saibro, com o título impecável em Madri. O alemão alcançou marcas históricas na capital espanhola, ao vencer a competição sem ter sido quebrado em nenhuma partida e ter cedido apenas uma chance de quebra durante todo o torneio. Já Nadal é o maior vencedor no saibro, e joga seu melhor nível no ano exatamente nesta parte da temporada, pouco antes de Roland Garros, seu torneio favorito.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade