0

Wawrinka "varre" Federer em Paris e vai à semi pela 1ª vez

2 jun 2015
13h56
atualizado às 15h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Não será desta vez que o tenista suíço Roger Federer conquistará o bicampeonato de Roland Garros. Isso porque, nesta terça-feira, o atual número 2 do mundo perdeu para o compatriota Stanislas Wawrinka (9º) por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 7/6 (7-4), em duas horas e 12 minutos de partida na quadra Suzanne Lenglen, pelas quartas de final do segundo Grand Slam do ano.

Com o resultado, Stanislas Wawrinka, campeão do Aberto da Austrália de 2014, classificou-se, pela primeira vez, às semifinais no saibro parisiense. Seu melhor resultado em Roland Garros havia sido em 2013, quando atingiu as quartas, perdendo para o francês Jo-Wilfried Tsonga.

Amigos fora de quadra, Federer e Wawrinka se abraçam após partida
Amigos fora de quadra, Federer e Wawrinka se abraçam após partida
Foto: Clive Brunskill / Getty Images

Tsonga, 15º colocado na lista da ATP, por sua vez, poderá ser justamente o adversário de Wawrinka em uma das semifinais. O francês enfrenta o japonês Kei Nishikori (5º) na quadra central Philippe Chatrier. A partida foi interrompida por cerca de meia hora por conta de uma placa metálica que caiu em cima de torcedores, porém nada de grave ocorreu.

Este foi apenas o terceiro triunfo de Wawrinka sobre Federer em 19 duelos. Em Roland Garros, os dois já haviam se enfrentado duas vezes, com vitória de Roger em ambas as oportunidades, pelas oitavas de final em 2010 e 2011.

O jogo

Wawrinka festeja mais uma vitória contra amigo Federer
Wawrinka festeja mais uma vitória contra amigo Federer
Foto: Dan Istitene / Getty Images

Campeão em 2009, Federer começou a partida com dificuldades para confirmar o serviço, tendo que salvar dois break points logo no primeiro game. Agressivo no fundo de quadra e atacando sempre o revés do adversário, Wawrinka não demorou a conseguir a quebra, abrindo 3/1. O número 2 do mundo bem que tentou devolver o golpe, mas desperdiçou quatro break points e viu o compatriota fechar a parcial em 6/4.

Wawrinka continuou atacando o saque e o revés de Federer, e a estratégia deu certo. Somente no segundo set, o cabeça de chave 8 conquistou 16 pontos enquanto o adversário tinha o serviço, resultando em mais duas quebras e vitória na parcial por 6/3.

Federer melhorou o aproveitamento no primeiro serviço e contou com erros não forçados de Wawrinka para equilibrar o jogo no terceiro set, forçando o tie-break. No desempate, o tenista número 2 da Suíça voltou a ser agressivo, conseguiu duas mini quebras e despachou o maior ídolo de Roland Garros.

Federer lamenta eliminação nas quartas em Paris
Federer lamenta eliminação nas quartas em Paris
Foto: Clive Brunskill / Getty Images

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade