PUBLICIDADE

Ugo Humbert vence Andrey Rublev e conquista torneio de Halle, na Alemanha

Francês supera russo por 2 sets a 0 e conquista primeiro troféu em um ATP 500

20 jun 2021 15h16
ver comentários
Publicidade

Número 7 no ranking mundial aos 23 anos, o tenista Andrey Rublev foi surpreendido por outro jovem talento neste domingo, na Alemanha, e ficou sem o título do torneio de Halle, de nível ATP 500. Quem levantou a taça foi o francês Ugo Humbert, de 22 anos, após bater o russo por 6/3 e 7/6 (4) durante a disputa da grande final na grama alemã.

Em evidência desde o ano passado, quando chegou a ser o tenista com mais vitórias na temporada, Rublev ostenta 11 títulos, oito deles no circuito ATP, por isso chegou à final com grande expectativa de aumentar o número de troféus. Humbert, por outro lado, entrou em quadra com três títulos, dois deles em ATPs 250, e celebrou a primeira conquista em um ATP 500.

Com a taça deste domingo, o francês subirá da 31ª para a 25ª colocação na próxima atualização do ranking. Independente do desfecho da final, ele já vinha sendo considerado a sensação do torneio, uma vez que, no caminho até a decisão, bateu nomes como o favorito Alexander Zverev e o canadense Felix-Auger-Aliassime, algoz de Roger Federer na segunda rodada.

Para construir a vitória contra Rublev, Humbert fez um primeiro set muito consistente, impedindo que o adversário convertesse os únicos dois break points que conseguiu na partida. Com cinco aces e o total de 32 pontos, ele fechou o placar de 6/3. Já o segundo set foi mais duro e precisou ser decidido no desempate, que terminou com vantagem de 7/4 para o francês, campeão de Halle.

ATP DE QUEEN'S

Assim como Ugo Humbert, o italiano Matteo Berrettini, nono do ranking, também levantou um troféu de ATP 500 neste domingo, após vencer o britânico Cameron Norris por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (5) e 6/3, na final do ATP de Queen's, em Londres. Norris ocupa a 41ª colocação da classificação mundial.

Daqui uma semana, no dia 27, começa a disputa do Torneio de Wimbledon, o último Grand Slam de tênis antes do início da Olimpíada, que tem a cerimônia de abertura marcada para o dia 23 de julho.

Estadão
Publicidade
Publicidade