0

Após 46 semanas, Federer volta ao número 1 da ATP

5 jul 2009
16h11
atualizado às 18h55

Exatamente 46 semanas depois de perder a condição de número 1 do Ranking da ATP para o espanhol Rafael Nadal, o suíço Roger Federer retoma o posto da melhor forma possível: com o título em Wimbledon e o recorde em vitórias no Grand Slam.

» Veja os títulos de Federer
» Veja fotos da partida
» Veja fotos da premiação
» Famosos marcam presença
» Federer vence Wimbledon
» Federer se torna o maior da história
» Federer agradece Sampras e valoriza Roddick
» Comente a conquista

Além disso, ele bateu um recorde em finais dos maiores torneios do circuito, um à frente dos 19 do checo Ivan Lendl. O suíço já tinha deixado para trás o próprio Sampras (18) e o australiano Rod Laver (17). Foi a sexta decisão consecutiva do tenista.

O reinado de Federer caiu há um ano, justamente depois da derrota em Londres. Ele tinha vencido apenas os títulos em Halle (Alemanha) e Estoril (Portugal), e perdeu outras três finais para o espanhol, nos Masters de Monte Carlo e Hamburgo, além de Roland Garros.

O suíço caiu para a segunda posição depois do Masters de Cincinatti, e Nadal foi proclamado como número um oficialmente nas listas em 18 de agosto, depois das disputas do tênis nos Jogos Olímpicos de Pequim.

Até então, Federer ficou como primeiro da ATP durante 237 semanas, de 2 de fevereiro de 2004 a 18 de agosto de 2008. Agora está de volta, aproveitando o afastamento de Nadal por lesão.

E o espanhol ainda não sabe quando voltará às quadras. Já está de fora da convocação da Espanha para a Copa Davis e buscará ficar na melhor forma possível para o US Open, quando terá a melhor chance de lutar pelo número um novamente.

Federer comemora título em Wimbledon
Federer comemora título em Wimbledon
Foto: Getty Images
EFE   
publicidade