2 eventos ao vivo

"Fiquei muito satisfeito com meu jogo", afirma Djokovic

10 jul 2018
09h16
  • separator
  • comentários

Depois de um período muito difícil na carreira, com lesões e resultados negativos, Novak Djokovic pode dizer que está novamente entre os principais tenistas do mundo. Praticamente um ano depois de desistir do confronto diante de Tomás Berdych em Wimbledon, o sérvio volta às quarta-de-final do torneio e jogando em alto nível. Para ele, o duelo diante do russo Karen Khachanov foi uma de suas melhores apresentações nos últimos anos.

"Eu o fiz jogar, saquei com precisão e escolhi bem as posições, sem forçar muito o saque, essa foi a estratégia. Tentei facilitar as primeiras jogadas durante os ralis, para mim isso era importante. No geral, eu me senti bem nessas condições difíceis. Fico feliz pela forma como enfrentei os break points. Ele tem um excelente forehand, mas controlei bem a situação. Nos últimos games da partida foi mais complicado porque tinha cada vez menos luz natural e, além disso, ventava muito, isso atrapalhava", destacou o tenista sérvio.

Djokovic também destacou o bom resultado que teve no ATP 500 de Queens, um pouco antes de sua estreia em Wimbledon. "Eu joguei muito bem em Queen's e também aqui em Wimbledon. Ter jogado bem antes me deu confiança e foi algo muito positivo.Até agora, as quatro partidas foram realmente muito boas para mim. Não passei muito tempo na quadra. Estou me sentindo muito bem fisicamente e mentalmente preparado".

Por fim, Nole falou sobre o que espera do confronto das quartas-de-final, diante de Kei Nishikori. "Será a primeira vez que vamos nos enfrentar na grama. Kei vem de um jogo bem difícil contra Gulbis, mas sei que ele é mentalmente muito forte. Ele teve muitas lesões nos últimos anos, mas todos nós sabemos que ele tem capacidade de vencer qualquer adversário, desde que esteja fisicamente bem para isso".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade