PUBLICIDADE

Tênis

Fabrizio Gallas: 'Djokovic recebe uma aula como há muito tempo não se via'

Coluna de Fabrizio Gallas analisa a vitória de Sinner contra Djokovic e projeta a final contra Medvedev no domingo

26 jan 2024 - 19h10
Compartilhar
Exibir comentários

Uma atuação impressionante de Jannik Sinner nesta sexta-feira. Não temeu Novak Djokovic. Botou o sérvio no bolso. Um deslize no terceiro set, ficou bravo, muitos davam como certa a virada do sérvio, mas o italiano focou novamente e voltou seu padrão anterior, dominante no saque e nas devoluções.

Foto: Lance!

Foi uma verdadeira aula. Como há muito tempo não se via em um Grand Slam para Djokovic. Sinner não deu nenhuma oportunidade de quebra o sérvio. Nenhuma oportunidade para a melhor devolução do circuito, talvez a melhor da história, diga-se de passagem. Isso já fala muito do que foi a partida. E contra um jogador que vinha de 33 vitórias seguidas no torneio onde venceu dez vezes na carreira.

O jogo desta sexta-feira é um marco para a carreira do italiano. As vitórias do ano passado no ATP Finals e na Copa Davis ajudaram, o fizeram acreditar e esse é um ponto crucial no tênis, te traz confiança nas horas importantes de grandes jogos como os de hoje. 

 Sinner chega fresco fisicamente e confiante para uma final contra Daniil Medvedev que fez valer uma freguesia recente contra Zverev para a virada. A segunda virada de 2 a 0 abaixo somente nesse torneio do russo que mostra resiliência e luta, mas chega um patamar abaixo para a decisão do domingo. Final é final, as coisas mudam e Sinner terá que provar o seu valor e mostrar que de fato a vez dele chegou para brilhar.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade