1 evento ao vivo

Djokovic desiste do Masters 1000 do Canadá para recuperação física

25 jul 2019
20h23
  • separator
  • 0
  • comentários

Melhor tenista da atualidade, Novak Djokovic anunciou nesta quinta-feira que não participará do Masters 1000 do Canadá deste ano, realizado entre 3 e 11 de agosto em Montreal. O sérvio, campeão em Wimbledon há duas semanas, preferiu ter mais tempo de descanso para o restante do ano.

O tempo de recuperação pode fazer a diferença na reta final da temporada. Ainda em agosto, acontecem o Masters 1000 de Cincinnati (EUA), entre 11 e 18 de agosto, e o Aberto dos Estados Unidos, último Grand Slam de 2019, entre 26 de agosto e 8 de setembro. Em outubro, serão disputados o Masters 1000 de Xangai (CHN) e o Masters 1000 de Paris (FRA). Já em novembro, os principais tenistas da temporada disputam o ATP Finals.

Djokovic justificou sua ausência no Masters 1000 do Canadá por meio da organização do torneio. "Lamento anunciar que eu decidi me retirar do Masters 1000 do Canadá. Com a ajuda da minha equipe, eu decidi dar ao meu corpo mais descanso e tempo de recuperação antes de jogar novamente".

Diretor do torneio, Eugene Lapierre apoiou a escolha do sérvio. "Nós adoraríamos que Djokovic tivesse a chance de ser campeão pela terceira vez em Montreal, mas entendemos sua decisão e desejamos um rápido retorno para o restante da temporada".

Novak Djokovic foi campeão do Masters 1000 do Canadá quatro vezes, duas em cada uma das cidade-sedes, que se alternam anualmente. Ele foi campeão em Montreal em 2007 e 2011 e em Toronto em 2012 e 2016.

Quem também se retirou da competição foi Juan Martin Del Potro. O argentino, número 12 do ranking da ATP, ainda se recupera de uma lesão no joelho direito sofrida em junho. "Desejamos uma rápida recuperação a ele, que sofreu com várias lesões nos últimos anos", disse Eugene Lapierre sobre Del Potro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade