PUBLICIDADE

Tênis

Djokovic comenta possibilidade de jogar Wimbledon

Sérvio envia aviso caso possa disputar torneio. Ele não irá para brincadeira

24 jun 2024 - 18h39
(atualizado às 18h39)
Compartilhar
Exibir comentários
Djokovic em Wimbledon /
Djokovic em Wimbledon /
Foto: AELTC / Esporte News Mundo

Após seus primeiros treinos no domingo e nesta segunda-feira, Novak Djokovic conversou com a agência EFE e comentou as possibilidade de disputar Wimbledon. Ele passou por cirurgia há menos de três semanas no menisco do joelho. Crédito: AELTC

A previsão era de volta aos treinos em três semanas, mas o sérvio acelerou um pouco o processo de olho na disputa do Grand Slam que começa na próxima segunda-feira.

"A verdade é que não estou surpreso por estar aqui, meu plano desde o início sempre foi tentar vir aqui e jogar Wimbledon, então é exatamente isso que estou tentando. No momento estou treinando, quero ver como vai ser, mas uma coisa é clara para mim: só jogarei o torneio se estiver preparado para ir longe e lutar pelo título", apontou o sérvio que não quis comentar muito sobre seus problemas no joelho.

"Não posso dar muitos detalhes sobre o meu joelho, mas posso dizer que as coisas estão indo bem. A reabilitação está cumprindo os prazos, a cada dia vamos avançando, a cada manhã me sinto um pouco melhor. Esse sentimento é o que me dá esperança e motivação para continuar avançando. Ainda tenho uma semana para me preparar, acho que pode ser tempo suficiente. Farei o meu melhor, isso é certo, mas preciso saber em que posição estou antes do sorteio."

Nole, heptacampeão campeão do torneio, enviou um aviso caso venha disputar o torneio: "Não vim aqui para passar algumas rodadas, só jogarei se tiver a confiança que preciso. Quero levar isso no dia a dia, estudando bem como me sinto, como me sinto e, principalmente, se consigo competir ao máximo. Se eu perceber que não posso jogar, darei oportunidade a outra pessoa. Só jogarei o torneio se tiver condições de ir longe e lutar pelo título. Não que eu esteja exagerando, mas espero que isso aconteça nos próximos dias. Eu certamente não estaria aqui sem a permissão dos médicos."

Djokovic descartou que esse possa ser seu último Wimbledon: "Não venho jogar uma única partida, nem pretendo me aposentar e que este seja meu último Wimbledon, nada poderia estar mais longe da verdade. Quero continuar, só que este ano foi diferente por causa da lesão que sofri em Paris. Foi azar, mas isso é esporte. É a primeira vez na minha carreira que sofro uma lesão grave no joelho, estou lidando com isso no dia a dia, administro essa realidade da melhor maneira que posso com minha equipe. Nas últimas duas semanas investi muitas horas em reabilitação, muito mais horas do que se não estivesse ferido."

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade