PUBLICIDADE

Ausente em primeiras rodadas, Federer ainda pode jogar Davis

30 jan 2013 11h04
| atualizado às 13h01
ver comentários
Publicidade

Para o capitão da Suíça na Copa Davis, Severin Luethi, o fato do compatriota Roger Federer não participar da competição no primeiro semestre, não significa que ele abandonou o torneio. O suíço explicou que o número 2 do mundo não tomou uma postura definitiva sobre a competição de nações.

"Ele não deve jogar a Davis antes do Aberto dos Estados Unidos, ou seja, ficará de fora dos dois primeiros confrontos", confirmou Luethi. "Ele ainda não disse que não vai mais jogar. Apenas definiu que não vai jogar no primeiro semestre e depois vai definir o que vai fazer", ponderou.

A Suíça enfrenta a atual campeã República Checa e precisa vencer para seguir adiante, e pode pegar o Cazaquistão ou a Áustria. Roger Federer planejou mais pausas durante a temporada 2013, para não se desgastar muito fisicamente.

Um dos motivos que podem motivar o número dois do mundo a participar mais da Davis, é a vontade de jogar as Olímpiadas de 2016, no Rio de Janeiro. É preciso cumprir uma cota de participações na competição pela ITF, embora o suíço possa receber um convite.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade