0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Situação de Rodrigo Caio é semelhante à de Lucão em 2017

5 dez 2018
07h18
atualizado às 07h18
  • separator
  • comentários

Rodrigo Caio vive momento delicado no São Paulo. O zagueiro, cria da base são-paulina, já foi considerado um dos principais jogadores do elenco, mas perdeu espaço no clube. Em 2018, na sua oitava temporada pelo Tricolor, o defensor foi preterido por Arboleda, Bruno Alves e Anderson Martins e atuou improvisado na lateral direita.

O momento conturbado pode culminar na saída de Rodrigo Caio do São Paulo após várias oportunidades não concretizadas. No começo deste ano, o zagueiro recusou proposta da Real Sociedad, da Espanha, pelo sonho de disputar a Copa do Mundo de 2018, o que não aconteceu. Já em 2016, o jogador recebeu propostas de Sevilla-ESP, Hemburgo-ALE e Napoli-ITA, mas ficou no São Paulo.

Desta vez, no entanto, Rodrigo Caio não esconde o interesse de sair do São Paulo. O zagueiro acredita ser um dos jogadores do elenco são-paulino com mais chance de ser negociado nesta pós-temporada. Além disso, ele se vê injustiçado pelas críticas que tem recebido da torcida. A Independente mencionou Rodrigo Caio em uma lista de dispensa.

A situação é semelhante à vivida por outro companheiro de time. Em junho de 2017, o zagueiro Lucão, muito criticado, demonstrou sua insatisfação perante a torcida e, mesmo sem propostas, anunciou que deixaria o São Paulo "para a alegria de muitos". Dois meses depois, o Tricolor emprestou Lucão para o Gil Vicente, clube da segunda divisão de Portugal. O contrato de Lucão termina em dezembro deste ano.

Ao contrário de Lucão, Rodrigo Caio, mesmo depois de perder espaço no elenco são-paulino, tem valor de mercado. Em novembro, depois que o Milan demonstrou interesse no jogador, seu empresário, Nick Arcuri, viajou para a Europa em busca de propostas pelo zagueiro, dando pistas de que o período de Rodrigo Caio no São Paulo estaria chegando ao fim.

Veja também:

São Paulo abre conversas para contratar Willian Arão junto ao Flamengo

Lucas Paes, quarto goleiro do elenco, renova por mais um ano

Everton comemora 2018 e agradece à torcida, mas lamenta lesões

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade