PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Presidente do São Paulo sobe o tom contra gramados sintéticos: 'Isso não é showbol'

Mandatário do Tricolor é um dos maiores críticos do gramado sintético no futebol brasileiro

23 fev 2024 - 09h05
Compartilhar
Exibir comentários

Júlio Casares, presidente do São Paulo, voltou a criticar os gramados sintéticos no futebol brasileiros e pediu união entre os clubes e a CBF para padronizar a grama natural em todos os estádios.

Foto: Lance!

Casares relembrou que tanto jogadores do São Paulo quanto do Palmeiras já tiveram sérias lesões em partidas disputadas no Allianz Parque, e reiterou que os atletas devem ser prioridade.

- Chegou o momento dos clubes, CBF, Federação, Conmebol... Tem que ter grama natural. Chega. Isso não é showbol, que cada um tem um tipo de grama. Sei que é negócio. Você não tem na Itália, na Inglaterra... Nós temos que pensar primeiro no atleta. Três jogadores nossos se contundiram no Allianz: Galoppo, Ferraresi e o Wellington, sem falar no Dudu e o Bruno Rodrigues (do Palmeiras) - afirmou o mandatário no podcast "Casão Pod Tudo".

Recentemente, o São Paulo assinou por cinco anos com a Live Nation para ceder o Morumbi para eventos da empresa. Mesmo com o acordo, Casares avalia que é obrigação do parceiro se adaptar com as condições do estádio

- Mesmo eu querendo o Morumbis como uma plataforma de show, eu tenho que fazer o meu gramado o melhor, como é. Tenho que ter técnica para isso, o parceiro precisa se adaptar. Temos que ter uma frente a favor do futebol - garantiu

O São Paulo volta a campo no domingo (25), contra o Guarani, pelo Paulistão.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade