PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Para Osorio, gramado do Allianz Parque “não tem condição”

26 jun 2015 13h48
| atualizado às 14h54
ver comentários
Publicidade

Ao assistir à partida amistosa entre Brasil e México no Allianz Parque, há pouco menos de três semanas, Juan Carlos Osorio viu de perto o péssimo gramado em que seu time jogará neste domingo, em duelo com o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. Para o treinador são-paulino, o estado atual da grama interfere negativamente na prática do futebol.

"Parece que o estádio é ótimo, mas a grama, não. Pelo que vi, não estava em ótima condição para um jogo profissional", analisou, nesta sexta-feira.

O próprio Palmeiras sofre com gramado do Allianz Parque
O próprio Palmeiras sofre com gramado do Allianz Parque
Foto: Djalma Vassão / Gazeta Press

Osorio esteve na arquibancada do estádio no dia 7, acompanhado do coordenador técnico Milton Cruz. Disse depois que gostaria de ir lá mais vezes - e também à arena do Corinthians - para ver jogos do Palmeiras, mas que foi demovido da ideia por conta da rivalidade entre os times.

Apesar da crítica feita a dois dias do retorno ao local, desta vez para trabalhar, o colombiano lembrou que não apenas o São Paulo sofrerá com o gramado. "Não é desculpa, porque é ruim para ambos. Seguramente, os jogadores técnicos deles também sofrerão", ressalvou.

Técnico colombiano disse ter conhecimento do estado ruim da grama
Técnico colombiano disse ter conhecimento do estado ruim da grama
Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC / Divulgação

De fato, os próprios jogadores do Palmeiras têm reclamado do gramado. No último compromisso em casa, diante do Fluminense, o meia Robinho chegou a pedir desculpas publicamente ao time adversário. Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube, também se queixou e fez cobranças à World Sports, empresa responsável pela manutenção do gramado.

"Estamos indignados. Não pode um estádio tão lindo, uma arena tão moderna, talvez a mais moderna e bonita do País, da América do Sul e compatível com as melhores da Europa, ter um gramado em situação pífia, ridícula. Os jogadores estão indignados com essa situação, com esse gramado terrível", criticou.

Voltaram! Gabriel Jesus e João Pedro reforçam Palmeiras:

De acordo com a World Sports, o problema é resultado da troca (tardia) para a grama de inverno, a qual foi feita há pouco mais de um mês. A empresa alega, no entanto, que o local continuou recebendo partidas em sequência, impedindo que a "maturidade ideal do campo" fosse atingida.

 
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade